segunda-feira, 25 de janeiro de 2016

Contenção de encosta beneficia mais de 170 famílias no Lobato

Infraestrutura

Em mais uma etapa do programa de obras de contenção de encostas desenvolvido pelo Governo da Bahia,a vida e a história de 176 famílias que vivem no entorno da Rua E, em Boa Vista do Lobato, atrás do Parque São Bartolomeu,no Subúrbio Ferroviário de Salvador,estão preservadas de acidentes relacionados a chuvas e desmoronamentos.

Da redação
foto - Mateus Pereira/Gov.Ba
Com a inauguração, manhã desta segunda-feira (25), de mais uma etapa do programa de obras de contenção de encostas desenvolvido pelo Governo do Estado, a vida e a história de 176 famílias que vivem no entorno da Rua E, em Boa Vista do Lobato, atrás do Parque São Bartolomeu, no Subúrbio Ferroviário de Salvador, estão preservadas de acidentes relacionados a chuvas e desmoronamentos. A intervenção custou R$ 2,3 milhões e inclui quase três mil metros quadrados de solo grampeado e concretado, além de urbanização, com a recuperação de escadarias, pavimentação asfáltica, meio fio e drenagem.
A entrega foi feita pelo governador Rui Costa, que destacou a importância das contenções de encostas para quem vive em áreas de risco. Ele ainda lembrou que as primeiras chuvas fortes já chegaram à capital e também ao interior. “Esse é um investimento para salvar vidas. Hoje é um dia de sol, mas eu imagino a segurança e a tranquilidade que essas famílias puderam compartilhar nesse início de ano, dormindo sem medo de desastres. Esse trabalho de proteção de vidas continua e me deixa muito orgulhoso, pois há alguns meses estive aqui para inspecionar o local e agora volto pra fazer essa entrega”.
O vigilante Edenílson Souza diz que três gerações moram na casa construída há 30 anos na parte de cima da encosta, desde sua sobrinha de quatro anos, até sua mãe, de 65, totalizando 12 pessoas vivendo no imóvel. “Aqui estava em tempo de desabar, o que o governo fez foi uma coisa boa”. Carlos Souza, irmão de Edenílson, conta que havia pelo menos três casas condenadas na rua. “Agora está bem melhor, ficou uma beleza. A rua está de dar parabéns”.
Quem mora na parte de baixo da encosta, como o pescador Francisco de Carvalho, agora não tem mais medo da lama e do entulho que vem de cima invadir sua casa. “Quando eu vim morar aqui era cheio de bananeira. A terra desceu e ficou na porta da minha casa, era lama pura, não tinha asfalto, passeio, não tinha nada. Agora é outra coisa, é outra vida. Posso dizer que sou feliz de morar aqui”.
Segundo o presidente da Conder, José Lúcio Machado, esta foi a décima quarta obra entregue. Até o fim de março, serão mais quatro. Há ainda mais de vinte em andamento, além de outras em projeto executivo para que possam começar dentro dos próximos três meses. “Vamos buscar mais recursos. Temos uma licitação recentemente concluída para mais oito encostas em Salvador e três em Candeias. Acrescemos ao nosso programa de 98 encostas mais 11. São milhares de famílias beneficiadas”.
Com informações da Secom Ba. 25/01/2016

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pela sua visita,ajude-nos na divulgação desse Blog
Cidadania não é só um estado de "direito",é também um estado de "espírito"