sábado, 27 de junho de 2015

Pelourinho continua com forró e celebração dos festejos juninos

São João da Bahia

A continuidade da comemoração dos festejos juninos no Pelô animou a noite de turistas e baianos, que estavam dispostos a dançar o característico forró desta época do ano. No Largo Quincas Berro D'Água, Neto do Procópio e seu trio de forró fez a festa do público, com sucessos de Luiz Gonzaga, Dominguinhos, Trio Nordestino, Jackson do Pandeiro e Adelmário Coelho. 

Secom
Secom
Nem a chuva da noite desta sexta-feira (26) esfriou o clima de animação no Pelourinho. A continuidade da comemoração dos festejos juninos no Pelô animou a noite de turistas e baianos, que estavam dispostos a dançar o característico forró desta época do ano. No Largo Quincas Berro D'Água, Neto do Procópio e seu trio de forró fez a festa do público, com sucessos de Luiz Gonzaga, Dominguinhos, Trio Nordestino, Jackson do Pandeiro e Adelmário Coelho. Com mais de 20 anos de estrada, o trio também apresentou composições autorais, como a música 'Devolva Meu São João', que reforça o clima característico das festas juninas.
Já no Largo Tereza Batista, Jorge Gonzaga e seu trio nordestino, composto por membros da sua família, animaram o espaço com sucessos de Luiz Gonzaga, como 'Asa Branca', 'Riacho do Navio' e 'Vida de Viajante'. O grupo ainda tocou diversos sucessos de Flávio José, Trio Nordestino, Adelmário Coelho e Virgílio. A noite teve também a apresentação do Forró do Zé, no Largo Pedro Archanjo.
A programação do Pelourinho inclui trios nordestinos e grupos de forró pé-de-serra, com atrações dos credenciados do Ciclo Junino da Secretaria de Cultura do Estado (Secult) e shows apoiados pelo Centro de Culturas Populares e Identitárias (CCPI). Todas as atrações dos festejos juninos do Pelourinho são gratuitas.

A festa não para
O sábado (27) segue animado com o forrozeiro Val Macambira, que leva o show Made In Brasil ao Largo Pedro Archanjo, às 21h. No Largo Quincas Berro D'Água, a folia junina começa às 20h, com Coração Forrozeiro. Pra forrozear no domingo (28), as opções são os shows de Forró Laska Coco e de Jaqueline Damasceno, ambos às 17h, no Largo Tereza Batista e no Largo Quincas Berro D'Água, respectivamente.
Na segunda (29) é dia de festejar São Pedro e encerrar o Ciclo de Festejos Juninos do Pelô. No Largo Pedro Archanjo, às 20h, tem o forró da Banda Marana. No Largo Quincas Berro D'Água, também às 20h, a festa fica por conta da banda Ceguera de dá Nó. E o forrozeiro Bruninho do Acordeon agita a noite de encerramento no Largo Tereza Batista, no mesmo horário.
Fonte - Secom Ba. 27/06/2015

Dilma embarca para os Estados Unidos onde tem encontros com Obama e empresários

Política

Esta é a primeira viagem de Dilma aos Estados Unidos após as denúncias, em 2013, de que a Agência Nacional de Segurança dos Estados Unidos (NSA, na sigla em inglês) teria espionado as comunicações de empresas estatais e autoridades do governo brasileiro, incluindo a própria presidenta.

Andreia Verdélio 
Repórter da Agência Brasil 
Ag.Brasil
A presidenta Dilma Rousseff viajou hoje (27) para uma visita oficial de cinco dias aos Estados Unidos. O embarque, que estava marcado para as 9h, atrasou e a comitiva saiu às 10h30 da Base Aérea de Brasília. Além da reunião de trabalho com o presidente norte-americano Barack Obama, em Whashington, Dilma tem compromissos com empresários em Nova York e visitas à sede do Google, ao Centro de Pesquisas da Nasa e à Universidade Stanford, na Califórnia.
Esta é a primeira viagem de Dilma aos Estados Unidos após as denúncias, em 2013, de que a Agência Nacional de Segurança dos Estados Unidos (NSA, na sigla em inglês) teria espionado as comunicações de empresas estatais e autoridades do governo brasileiro, incluindo a própria presidenta. As denúncias foram feitas por Edward Snowden, ex-consultor de informática da NSA.
Durante entrevista de preparação para a viagem presidencial, o subsecretário-geral Político do Ministério das Relações Exteriores, Carlos Antonio da Rocha Paranhos, disse que o tema da espionagem está superado e que a visita de Dilma representa a retomada do diálogo político bilateral entre os países.
O ministro da Fazenda, Joaquim Levy, não conseguiu viajar com a comitiva, mas embarca hoje à noite em um voo comercial. Ele teve uma embolia pulmonar na noite de ontem (26), mas passa bem e mantém a agenda com a presidenta.
Dilma deve retornar ao Brasil na manhã de quinta-feira (2).
Fonte - Agência Brasil  27/06/2015

Travessia Salvador-Mar Grande é suspensa devido ao mau tempo

Travessia marítima

A travessia marítima entre Salvador e Mar Grande foi suspensa conta dos fortes ventos e do mar bastante agitado na Baia de Todos os Santos.

A Tarde
Da Redação
Erik Salles -Ag. A TARDE
O serviço de travessia marítima Salvador/Mar Grande foi suspenso desde as 6h deste sábado, 27, por conta dos fortes ventos e do mar atingido na Baía de Todos-os-Santos. As embarcações foram recolhidas e, até as 11h, não havia previsão da retomada do serviço.
De acordo com a Associação dos Transportadores Marítimos da Bahia (Astramab), as escunas de turismo, por sua vez, não vão operar neste sábado. Já a linha de catamarã que liga Salvador/Morro de São Paulo opera, porém faz conexão em Itaparica por conta das condições impróprias de navegação no trecho entre a capital e a Ilha de Tinharé.
Os catamarãs saem do Terminal Náutico, no Comércio, e atracam na Ilha de Itaparica, onde os passageiros vão de ônibus até a Ponta do Curral, em Valença, e atravessam para o Morro.
Com conexão, a viagem dura 3 horas e 20 minutos - uma hora a mais em relação ao percurso direto. Neste sábado, os horários da travessia para o Morro são 8h30, 9h, 10h30, 13h e 14h30. As saídas de Morro de São Paulo acontecem às 9h, 9h30, 12h30 e 15h.
Fonte - A Tarde  27/06/2015

Edinho Silva diz que vazamento de delação de empreiteiro da UTC é seletivo

Política

Os ministros da Justiça, José Eduardo Cardozo, e da Comunicação Social da Presidência da República, Edinho Silva, falam sobre delação premiada de Ricardo Pessoa, da UTC

Aline Leal
Repórter da Agência Brasil 
Marcelo Camargo/Agência Brasil
O ministro Edinho Silva, da Secretaria de Comunicação da Presidência da República, disse hoje (27) que está havendo um “vazamento seletivo” das informações da delação premiada do presidente da empreiteira UTC, Ricardo Pessoa, assinada com o Supremo Tribunal Federal (STF).
Em coletiva à imprensa no início da tarde deste sábado (27), Edinho disse que a UTC é historicamente conhecida por fazer doações em campanhas eleitorais a diversos partidos e se mostrou indignado por apenas os repasses feitos ao PT serem alvo de suspeita. “As doações são públicas – estão lá [no Tribunal Superior Eleitoral]. A UTC não fez doações apenas para a campanha da presidente Dilma e me estranha que as suspeitas sejam colocadas apenas sobre as doações legais da presidente”, destacou.
De acordo com reportagens divulgadas ontem (26) pela revista Veja, Pessoa teria citado, na delação, o nome de 18 pessoas que receberam contribuições dele. Segundo o delator, os repasses, alguns oficiais outros não, foram feitos por receio de perder seus negócios relativos à Petrobras. Na delação, o empreiteiro diz que repassou R$ 7,5 milhões para a campanha de Dilma de 2014.
Entre os que receberam dinheiro, foram citados o ministro-chefe da Secretaria de Comunicação Social, Edinho Silva, e o da Casa Civil, Aloizio Mercadante. Edinho, que atuou como tesoureiro da campanha da presidenta Dilma Rousseff em 2014, confirmou que recebeu R$ 7,5 milhões da UTC, mas ressaltou que em doações lícitas, conforme prevê a legislação.
O ministro disse que está constituindo advogado para ter acesso ao documento e que, se as informações da imprensa se confirmarem, ele pedirá para ser ouvido no processo. O ministro acrescentou que pedirá a anulação dos benefícios da delação premiada, caso haja informações falsas.
O Ministro da Justiça, Eduardo Cardozo, que também participou da coletiva, esclareceu que o governo não teve acesso ao conteúdo da delação premiada, mas de acordo com o que ele está acompanhando pela imprensa, os valores se tratam das doações legais. “É importante frisar que essa delação está em sigilo legal e que, portanto, o Ministério da Justiça não tem acesso, razão pela qual de imediato nós não podemos afirmar a veracidade que se consta ou não dessa delação premiada”, disse Cardozo, acrescentando que as informações que tem são as da imprensa.
Cardozo ainda destacou que a delação premiada deve ser muito bem analisada, já que um instrumento que traz benefícios ao réu e pode ser usado de forma inadequada. "Temos que entender o contexto em que a delação premiada é feita. É um contexto em que a pessoa quer obter benefícios”, disse. “Pode ser seletiva também nas informações que presta. Isso tem que ser apurado e investigado". Os dois ministros estiveram reunidos na manhã de hoje com a presidenta Dilma Rousseff para discutir o conteúdo das informações da delação. A presidenta embarcou, em seguida, para os Estados Unidos.
O ministro da Casa Civil, Aloizio Mercadante, confirmou em nota divulgada ontem que recebeu dois pagamentos de R$ 250 mil, da UTC e da Constran, para sua campanha ao governo de São Paulo, em 2010. Disse, no entanto, que os valores foram recebidos de forma legal e declarados à Justiça Eleitoral, que aprovou a prestação de contas. A direção do PT também reafirmou que todas as doações recebidas pelo partido são legais e registradas na Justiça Eleitoral.
Fonte - Agência Brasil  27/06/2015

sexta-feira, 26 de junho de 2015

Brasil e China vão criar fundo de cooperação produtiva de US$ 20 bilhões

Economia

O anúncio foi feito hoje (26) pelo subsecretário-geral Político 2 do Ministério das Relações Exteriores, José Alfredo Graça Lima, após a 4ª Reunião da Comissão Sino-Brasileira de Alto Nível de Concertação e Cooperação. - O vice-presidente Michel Temer fala na 4ª Reunião da Comissão Sino-Brasileira de Alto Nível. Ao lado,o chanceler Mauro Vieira e o , e o vice-primeiro-ministro da China, Wang

Ana Cristina Campos 
Repórter da Agência Brasil 
Antonio Cruz/Agência Brasil
O Brasil e a China decidiram criar o Fundo Brasil-China de Cooperação para a Expansão da Capacidade Produtiva no valor de US$ 20 bilhões. A China vai entrar com US$ 15 bilhões e o Brasil, com US$ 5 bilhões.
O anúncio foi feito hoje (26) pelo subsecretário-geral Político 2 do Ministério das Relações Exteriores, José Alfredo Graça Lima, após a 4ª Reunião da Comissão Sino-Brasileira de Alto Nível de Concertação e Cooperação.
“ A ideia é que passe a vigorar no mais curto prazo possível. O destino desse fundo é o financiamento de projetos prioritários em logística e na indústria por meio de joint ventures[associação de empresas] com companhias locais. O objetivo é permitir que esses projetos possam vir a ser financiados por esse fundo bilateral”, disse Graça Lima.
A quarta sessão plenária da Comissão Sino-Brasileira, mecanismo de diálogo político de mais alto nível entre os dois países, foi coordenada pelo vice-presidente Michel Temer e pelo vice-primeiro-ministro da China, Wang Yang.
Fonte - Agência Brasil  26/06/2015

Cobrança nos estacionamentos afastam motoristas dos shoppings

Salvador

Cobrança nos estacionamentos dos shoppings afastam os motoristas.Estacionamento de shopping na Tancredo Neves completamente vazio.

Tribuna da Bahia
Estacionamento do Shopping Salvador às 10h30
foto - Tribuna da Bahia
Salvador parece que ainda está curtindo o feriado, ou a cobrança dos estacionamentos, válida desde a última segunda-feira (22/6) está mudando a rotina dos soteropolitanos.
No Salvador Shopping, um dos maiores empreendimentos da capital, marcado por um intenso movimento de veículos, foi fotografado pelo nossos leitores, às 10h30 desta sexta-feira (26/6), às moscas.
As vagas desocupadas surpreende quem vai ao shopping, além disso, motoristas que estão se adequando a cobrança pelas vagas, se queixam das longas filas nos guichês de pagamento.
Fonte - Tribuna da Bahia 26/06/2015

Metrô de Salvador ainda no clima de São João

Transportes sobre trilhos

O Metrô de Salvador continua nesse final de semana ainda em clima de São João,com apresentações de trios de forro Pé de Serra dentro dos trens e na Estação da Lapa.Confira aqui os horários dos eventos e do funcionamento dos trens. 

Da Redação
foto - CCR
Nesta sexta-feira, 26/6, o metrô continua com as estações decoradas com bandeirolas, com a distribuição de guloseimas típicas para as crianças e com as apresentações musicais dentro dos trens e na Estação Lapa. Tudo isto faz parte da programação que foi preparada pela CCR Metrô Bahia para animar os usuários do metrô durante a semana de São João.

Confira como o metrô vai funcionar neste fim de semana:

Sexta-feira (26/6) – Todas as estações estarão abertas das 8h às 18h.
Dentro dos trens, das 11h às 12h, acontece a apresentação do trio nordestino “Zé Grilo e Sua gente”, em parceria com o Shopping Piedade.
Na Estação Lapa, das 14h às 16h, acontece a apresentação do Trio Politanos e do grupo de dança Veredas.

Sábado (27/6) – Os trens circulam das 8h às 13h nas estações Lapa, Campo da Pólvora e Brotas. As estações Acesso Norte, Retiro e Bom Juá estarão fechadas por conta das obras de ligação entre as linhas 1 e 2 do metrô.

Central de Atendimento CCR Metrô Bahia: 0800 071 80 20 ou pelo e-mail faleconosco.metrobahia@grupoccr.com.br
Com informações - Imprensa CCR Metrô da Bahia  26/06/2015

Maceió é pioneira em grafite de VLT

Transportes sobre trilhos

De acordo com Otávio Pandolfo, de “Osgemeos”, desde 2002 os trens e metrôs são grafitados, mas o VLT de Maceió foi o primeiro do mundo a fazer parte do Projeto Wholetrain. “Já pintamos trens em São Paulo, Porto Alegre, Recife, João Pessoa, Natal, Vitória e São Luiz, mas VLT é novidade”, afirmou.

CBTU
Foto - CBTU
Estudantes, artistas, usuários do transporte ferroviário, a mídia e autoridades públicas agitaram a CBTU Maceió de 15 a 19 de junho quando 13 grafiteiros do Projeto Wholetrain estilizaram o trem e 02 VLT da CBTU Maceió.
De acordo com Otávio Pandolfo, de “Osgemeos”, desde 2002 os trens e metrôs são grafitados, mas o VLT de Maceió foi o primeiro do mundo a fazer parte do Projeto Wholetrain. “Já pintamos trens em São Paulo, Porto Alegre, Recife, João Pessoa, Natal, Vitória e São Luiz, mas VLT é novidade”, afirmou.

foto - CBTU
O Projeto Wholetrain, de iniciativa dos artistas, viabilizado pelo patrocínio integral do grupo EP7, consolidou em Alagoas seu apoio à arte democrática e deixou o legado à população que geralmente não tem acesso a exposições de arte.
Os artistas OSGEMEOS (Gustavo e Otávio Pandolfo), Ise, Nunca, Finok, Coyo, Toes, Kaur, Stile, Gueto, Nev, Coxas e os estrangeiros Zeks, Vino e Arys presentearam a população de Maceió, Satuba e Rio Largo com expressões únicas de representação do regionalismo (folguedos, belezas naturais, festividades, culinária, flora e fauna) por meio do grafite.
Fonte - CBTU  26/06/2015

Governo do Rio volta atrás e decide implantar Linha 3 do metrô

Transportes sobre trilhos

Apesar de ter um custo mais alto — R$ 3,9 bilhões —, o metrô, de acordo com o secretário Marco Capute, é o que oferece maior capacidade de transporte de passageiros para ligar as duas cidades (Niterói e São Gonçalo) da região. Isso foi considerado um fator determinante para a escolha.

O Globo - RF
foto - ilustração
O governo estadual voltou atrás e informou que Niterói e São Gonçalo deverão mesmo ser interligadas pela chamada Linha 3 do metrô. Em março, o Palácio Guanabara havia anunciado uma modificação no projeto, que passaria a fazer parte do sistema de ônibus BRT. Em uma audiência pública realizada nesta quinta-feira na Comissão de Economia, Indústria e Comércio da Assembleia Legislativa do Rio (Alerj), o secretário de Desenvolvimento, Marco Capute, informou que um estudo, que será feito por consultorias independentes, deverá estar pronto até meados do ano que vem.
Segundo Capute, estão descartadas as possibilidades de adoção de BRT ou Veículos Leve sobre Trilhos (VLT) para ligar as duas cidades. Apesar de ter um custo mais alto — R$ 3,9 bilhões —, o metrô, de acordo com o secretário, é o que oferece maior capacidade de transporte de passageiros para a região. Isso foi considerado um fator determinante para a escolha.
A Linha 3 deverá ter 22 quilômetros de extensão, mas a definição do trajeto e da localização das estações depende da conclusão do estudo de engenharia. Quando esse documento for entregue, o governo estadual planeja lançar uma parceria público-privada (PPP) para a implantação do sistema.
— Vamos alavancar o projeto por meio de uma PPP, e buscaremos recursos com o governo federal. Já estamos discutindo a Linha 3 com várias empresas interessadas em fazer o estudo de engenharia. Quanto mais empresas se interessarem pelo projeto, mais parcerias conseguiremos estabelecer — disse o secretário.
Também não está definido se a Linha 3 será construída na superfície ou seguirá por túneis subterrâneos.

PPP, Só com acal da ALERJ.
Na quarta-feira, a Alerj estabeleceu condicionantes para a aprovação de um projeto do Executivo que abre caminho para parcerias entre empresas e o estado. De acordo com o texto, que recebeu 30 emendas, cada projeto precisará passar pelo crivo dos deputados. As PPPs são encaradas pelo governador Luiz Fernando Pezão como uma solução para o custeio de várias obras.
Fonte - Revista Ferroviária  26/06/2015

Senadores retornam ao Brasil depois de ouvir relatos sobre situação na Venezuela

Internacional

Ao longo do dia, os senadores brasileiros tiveram encontros com esposas dos líderes oposicionistas que estão presos na Venezuela, com famílias de pessoas que foram mortas nos conflitos entre a polícia e a oposição em 2014, com o ex-candidato ao governo venezuelano Henrique Caprilles, com o presidente da Assembleia Nacional do país, Diodado Cabello, e com o membro da Mesa da União Democrática (MUD), que reúne os principais partidos de oposição.

Mariana Jungmann
Repórter da Agência Brasil 
foto - ilustração/Noticiero
A comitiva de senadores brasileiros que foi à Venezuela para checar a situação política e institucional do país deve retornar ao Brasil na madrugada de hoje (26). De acordo com a senadora Vanessa Grazziotim (PCdoB-AM), que faz parte do grupo, a comitiva terá ainda mais uma reunião na noite desta sexta-feira com a chanceler do país, Delcy Rodriguez, antes de embarcar de volta ao Brasil.
Ao longo do dia, os senadores brasileiros tiveram encontros com esposas dos líderes oposicionistas que estão presos na Venezuela, com famílias de pessoas que foram mortas nos conflitos entre a polícia e a oposição em 2014, com o ex-candidato ao governo venezuelano Henrique Caprilles, com o presidente da Assembleia Nacional do país, Diodado Cabello, e com o membro da Mesa da União Democrática (MUD), que reúne os principais partidos de oposição.
“Tivemos uma agenda que foi cumprida integralmente. Ouvimos todos os lados e estamos prontos para fazer um relato detalhado do que ouvimos”, disse a senadora. Segundo ela, as esposas dos líderes de oposição, que estão presos, convidaram os parlamentares brasileiros a irem ao presídio conversar com eles, mas a proposta foi recusada.
“Nós dissemos que não era o caso. Até porque, você não chega a um país e vai a um presídio falar com um preso sem pedir autorização previamente. Nós dissemos para elas que a ajuda que podemos dar é ouvir todos os lados”, acrescentou a parlamentar.
Recentemente, um dos líderes de oposição no país Leopoldo López fez 30 dias de greve de fome pela libertação de 75 presos políticos, para que o governo convoque eleições parlamentares e para que organismos internacionais acompanhem denúncias de violações democráticas na Venezuela. A greve foi interrompida na última segunda-feira (22) depois de as eleições serem marcadas para o dia 6 de dezembro.
A senadora do PCdoB contou que a comitiva de senadores não percebeu qualquer clima de hostilidade ou violência semelhante ao que foi vivido, na semana passada, por outra comissão do Senado brasileiro que foi a Caracas. Segundo ela, o fato de terem chegado ontem à noite colaborou para que não pegassem trânsito no caminho entre o aeroporto e o centro da cidade e, ao longo do dia, tiveram boa recepção por onde passaram.
Fonte - Agência Brasil  25/06/2015

Linhas de ônibus que passam na Estação Iguatemi terão trajeto alterado

Transportes

Em virtude das obras da linha 2 do Metrô que estão sendo realizadas no local,15 linhas de ônibus que passam na Estação Iguatemi terão trajeto alterado a partir do feriado do 2 de julho,data da Independência da Bahia. 

A Tarde
Da Redação
Mila Cordeiro - Ag. A TARDE
Por conta das obras do metrô de Salvador, quinze linhas de ônibus coletivos que circulam pela via exclusiva da Estação Iguatemi terão o itinerário alterado a partir da próxima quinta-feira (2), feriado da Independência da Bahia
Segundo a prefeitura, os ônibus que atendem à região vão trafegar por vias de comum acesso. Destas, 12 linhas são provenientes da avenida Tancredo Neves e têm como destino o subúrbio ferroviário.
Com a intervenção, os ônibus irão passar pelo início da avenida Luiz Viana Filho (Paralela) e farão retorno no viaduto Luís Eduardo Magalhães. O ponto de ônibus será remanejado para a passarela de Pernambués, em frente à Madeireira Brotas, e para a plataforma 1 da estação rodoviária.

Rotas restantes
As outras três linhas restantes, que saem da avenida Antônio Carlos Magalhães (ACM) em direção à Paralela, vão trafegar pela avenida Tancredo Neves. As paradas serão na avenida ACM, em frente ao GBarbosa, e na passarela do banco Itaú.
Já as linhas que circulam pela Grande Salvador e passam pela via exclusiva, no sentido Paralela, também vão deixar de transitar no local. Sugestões e dúvidas com relação ao transporte público da capital baiana podem ser informadas por meio do telefone 156 ou pelo e-mail: ouvidoriasemob.ssa@gmail.com.

Confira o itinerário das linhas

Av. Tancredo Neves - Subúrbio Ferroviário
1534 | Vista Alegre - Pituba
1611 | Paripe - Pituba
1612 | Paripe - Rodoviária
1616 | Plataforma - Pituba
1622 | Alto do Cabrito/B. Vista do Lobato - Pituba
1634 | Alto de Coutos - Pituba
1637 | Mirantes de Periperi - Boca do Rio/Rodoviária
1637 - 01 | Mirantes de Periperi - Boca do Rio/Rodoviária
1643 | Fazenda Coutos - Pituba
1644 | Base Naval - Pituba
1645 | Alto de Santa Terezinha / Rio Sena - Pituba
1652 | São João do Cabrito - Pituba

AV. Antônio Carlos Magalhães (ACM) - Av. Paralela
1034 | Parque São Cristóvão - Barroquinha
0919 | Vale dos Rios/Stiep - Lapa
0923 | Conjunto Marback - Barroquinha
Fonte - A Tarde  25/06/2015

Metrô de Teresina,obras reduzem viagens pela metade

Transportes sobre trilhos

Obras no metrô de Teresina reduzem viagens pela metade.- O objetivo é evitar desníveis, o que causa descarrilamentos e apresenta riscos à segurança da população.Os trajetos que eram realizados durante todo o dia, agora correm somente entre 5h30 e 8h30 e após as 16h30. De acordo com o maquinista Carlos Nascimento, os acidentes reduziram nos últimos anos, mas a manutenção é necessária.

Maria Romero - Cidade Verde
fotos - reprodução/TV Cidade Verde
O metrô de Teresina reduziu em 50% as viagens realizadas diariamente. Isso porque toda a linha férrea está passando por uma reforma de recuperação de dormentes. O objetivo é evitar desníveis, o que causa descarrilamentos e apresenta riscos à segurança da população. Segundo o diretor técnico da Companhia Metropolitana de Transportes Públicos (CMTP), Antônio Sobral, o metrô voltará a operar normalmente em agosto deste ano.
Os trajetos que eram realizados durante todo o dia, agora correm somente entre 5h30 e 8h30 e após as 16h30. De acordo com o maquinista Carlos Nascimento, os acidentes reduziram nos últimos anos, mas a manutenção é necessária. "Não tem riscos, mas é melhor trocar logo, para prevenir", disse.
Os últimos descarrilamentos ocorreram em março deste ano e no final do ano passado. Somente em 2011, foram quatro acidentes do tipo. Segundo Antônio Sobral, em entrevista ao Jornal do Piauí, uma parceria com a empresa Transnordestina, que opera o metrô de Teresina, permitirá a troca dos dormentes.
"Será feita a manutenção de 9 mil dormentes, sendo que nesta parceria o estado do Piauí ficou responsável pela troca de 4,1 mil dormentes e em agosto já encerram as obras e o funcionamento volta ao normal", declarou.
Ele informou ainda que esta intervenção diz respeito apenas à manutenção das linhas e que a obra de modernização do metrô vai correr apenas em 2016. Serão oito novos trens, além de restabelecimento de pisos, esquadrias, portas, janelas e da parte mecânica dos veículos.
Fonte - Cidade Verde  25/06/2015

quinta-feira, 25 de junho de 2015

Trens do Subúrbio de Salvador recebem projeto artístico

Transportes sobre trilhos

Entre uma parada e outra, os trens ganharam novos desenhos. No final da ação, os trens, já de cara nova, se tornaram não apenas equipamentos de mobilidade, mas também de contemplação. A iniciativa teve a participação de 14 artistas, dos quais 11 brasileiros e três estrangeiros.

Secom
Foto - Daniele Rodrigues/Sedur
Os trens do Subúrbio de Salvador estão de cara nova. Com a intenção de levar arte à população e aos usuários dos trens urbanos, um coletivo de artistas, liderados pelos paulistanos Osgemeos e Ise, coloriu os equipamentos. As intervenções ocorreram entre sábado (20) e quarta-feira (24), na estação da Calçada.
Entre uma parada e outra, os trens ganharam novos desenhos. No final da ação, os trens, já de cara nova, se tornaram não apenas equipamentos de mobilidade, mas também de contemplação.
Foto - Daniele Rodrigues/Sedur
A iniciativa teve a participação de 14 artistas, dos quais 11 brasileiros e três estrangeiros.
A ideia foi apresentada no mês de maio pelos irmãos gêmeos Gustavo e Otávio Pandolfo ao secretário estadual de Desenvolvimento Urbano, Carlos Martins, e ao presidente da Companhia de Transportes da Bahia (CTB), Eduardo Copello. Segundos os artistas, a ideia era transformar os trens em grandes obras de arte móveis.
Foto - Daniele Rodrigues/Sedur
O projeto, denominado Wholetrain, foi iniciado em 2002, na cidade de São Paulo, e, devido ao sucesso, já foi levado a Porto Alegre, Rio de Janeiro, Recife, João Pessoa, Natal, Vitória e São Luís.
Em 2014, Os gêmeos foram responsáveis por colorir o avião que conduziu a Seleção Brasileira durante a Copa do Mundo. A ação é de caráter filantrópico, de iniciativa e financiamentos dos próprios artistas.
Fonte - Secom Ba.  25/06/2015

Seis executivos se tornam réus no processo do cartel do Metrô de SP

Metrô de SP

A denúncia apresentada pelo Ministério Público Estadual (MP-SP), em maio deste ano, argumenta que o crime de cartel ocorreu durante a reforma das Linhas 1 (Azul) e 3 (Verde) do Metrô de São Paulo e a modernização de 98 trens dessas linhas. As práticas anticoncorrenciais nos procedimentos licitatórios ocorreram no governo de José Serra (PSDB), entre 2008 e 2009.

Fernanda Cruz
Repórter da Agência Brasil
foto - ilustração
Seis executivos de empresas envolvidas no cartel do metrô de São Paulo se tornaram réus na Justiça do estado. São eles Telmo Giolito Porto, da empresa Tejofran; Adagir Abreu, da empresa MPE; Cesar Ponce de Leon, da empresa Alstom, além de três executivos da empresa Temoinsa: Wilson Daré, Maurício Memória e David Lopes.
A denúncia apresentada pelo Ministério Público Estadual (MP-SP), em maio deste ano, argumenta que o crime de cartel ocorreu durante a reforma das Linhas 1 (Azul) e 3 (Verde) do Metrô de São Paulo e a modernização de 98 trens dessas linhas. As práticas anticoncorrenciais nos procedimentos licitatórios ocorreram no governo de José Serra (PSDB), entre 2008 e 2009.
Segundo a denúncia, as empresas fizeram acerto para evitar a concorrência na licitação por meio de consórcios, sempre com divisões pré-determinadas dos objetos dos contratos. O valor total dos contratos, nesse período de dois anos chegou a R$ 1,75 bilhão.
O MP pediu a prisão preventiva de César Ponce de Leon, negada pela Justiça. O requerimento do MP solicitava comunicação à Polícia Federal e à Interpol, a Organização Internacional de Polícia Criminal. Segundo a promotoria de Justiça, o executivo é estrangeiro e não foi localizado para ser ouvido nas investigações uma vez que moraria no exterior. Por estar fora do país, César poderia escapar de responder ao processo criminal.
“O fato de ser o réu estrangeiro e morar no exterior, por si só, não traz a presunção absoluta de que pretenda frustrar a aplicação da lei penal ou atrapalhar o trâmite processual através de eventual fuga”, diz a decisão da juíza Cynthia Maria Sabino.
O MP-SP chegou a denunciar à Justiça, no mês passado, 11 executivos de empresas do setor ferroviário e um funcionário da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) por formação de cartel em contratos firmados em 2007 e 2008. As empresas teriam dividido entre si três contratos administrativos, combinando as propostas a serem apresentadas nas licitações.
Em nota, o grupo Tejofran informou que jamais participou de qualquer tipo de cartel e que defende a lisura da atuação de seus funcionários, que seguem rigorosos mecanismos de controle. “[O grupo] esclarece ainda que, em relação aos contratos citados, tentou participar de três processos mas foi desqualificado de todos eles, mesmo recorrendo nas esferas administrativa e judicial. Obteve contrato somente do edital que foi desmembrado pelo Metrô. Mensagens citadas no inquérito tratam de tentativas da formação de um consórcio que nem mesmo se efetivou. A empresa coloca toda sua contabilidade à disposição da Justiça, o que permitirá comprovar que não houve sobrepreço”, diz a nota.
A Alstom disse apenas que “respeita as leis brasileiras e as regras dos editais das licitações de que participa”. A Agência Brasil não conseguiu contato com as empresas MPE e Temoinsa.
Fonte - Agência Brasil  25/06/2015

Obras da linha 2 do metrô vão interditar duas faixas da Av. ACM a noite durante dois dias

Obras do Metrô

As intervenções no local serão realizadas na 5ª e na 6ª feira (25/26) respectivamente das 23:00h  as 5:00h

Da redação

Segundo divulgou a CCR Metrô Bahia,serão interditadas duas faixas da Av. ACM sentido Rótula do Abacaxi,em frente ao terminal Rodoviária, por 80 metros,para execução de obras de implantação da Linha 2 do metrô.
As intervenções se darão nesta 5ªfeira e na 6ªfeira (25/26), exclusivamente das 23:00h as 5:00h.
Motoristas que transitarem pelo local devem devem redobrar a atenção,no trecho em obras,que terá sinalização e será monitorado por agentes de trânsito da Transalvador.
Com informações - Imprensa CCR  Metrô Bahia  25/06/2015

Rio quer tarifa única para toda Região Metropolitana

Transportes

O projeto visa propiciar uma integração física e tarifária dos transportes. “A gente tem que ter uma visão de tarifação homogênea ou integrada para que possamos tratar de maneira igual todos os cidadãos.

Renato Lobo

A região metropolitana do Rio de Janeiro pode ter única tarifa para os transportes públicos. Quem diz isso é o diretor-executivo da Câmara Metropolitana de Integração Governamental, Vicente Loureiro. No entanto, a medida carece de regras e a participação dos municípios que compõe o aglomerado urbano.
O projeto visa propiciar uma integração física e tarifária dos transportes. “A gente tem que ter uma visão de tarifação homogênea ou integrada para que possamos tratar de maneira igual todos os cidadãos. O cidadão de Nova Iguaçu, assim como o da Zona Oeste carioca, vem trabalhar no Centro do Rio, e seria interessante que fosse uma tarifa justa pra todos” – diz o coordenador do Plano Diretor de Transportes Urbanos da Secretaria Estadual de Transportes do Rio, Newton Leão
Leão sugere ainda a criação de um bilhete único que seja aceito no transporte público das 21 cidades que formam a Região Metropolitana do Rio, com mais de 12 milhões de habitantes.
Fonte - Via Trólebus  24/06/2015

Contratação de serviços para Linha Lilás do Metrô de SP é reprovada

Metrô/SP

Reunidos durante sessão ordinária da primeira instância, os Conselheiros acolheram o voto proferido pelo Conselheiro Dimas Eduardo Ramalho que apontou falhas quanto não há neste feito qualquer dado referencial confiável que permita aferir da consonância dos valores contratados com os praticados no mercado.

Tribunal de contas de S. Paulo
foto - ilustração
A Primeira Câmara do Tribunal de Contas do Estado de São Paulo (TCESP) julgou irregulares a licitação e contrato firmados entre a Companhia do Metropolitano de São Paulo (METRÔ) e a empresa Mapfre Vera Cruz Seguradora S/A. para prestação de serviços de cobertura securitária para as obras da Linha 5 – Lilás, ao valor R$ 7.600.000,00.
Reunidos durante sessão ordinária da primeira instância, os Conselheiros acolheram o voto proferido pelo Conselheiro Dimas Eduardo Ramalho que apontou falhas quanto não há neste feito qualquer dado referencial confiável que permita aferir da consonância dos valores contratados com os praticados no mercado.
“A apresentação de relatório contendo sugestões de preços e prêmios, elaborado por uma única corretora de seguros, não afasta a necessidade de fazer cotações junto às empresas que atuam no ramo, para aferição dos valores correntes no mercado, nos termos do artigo 43, IV, da Lei Federal nº 8.666/93”, argumentou.
A Primeira Câmara fixou ao atual Diretor Presidente da Companhia do Metropolitano de São Paulo - METRÔ um prazo de 60 (sessenta) dias para informar as providências adotadas no âmbito administrativo.
Fonte - Revista Ferroviária  25/06/2015

Brasil se destaca em pesquisa sobre biodiversidade entre nove países

Meio ambiente

O conhecimento dos brasileiros sobre temas ambientais teve destaque entre os nove países participantes da pesquisa Barômetro da Biodiversidade

Maiana Diniz 
Repórter da Agência Brasil 
Antonio Cruz/Agência Brasil
O conhecimento dos brasileiros sobre temas ambientais teve destaque entre os nove países participantes da pesquisa Barômetro da Biodiversidade, divulgada hoje (25) em Paris pela União para o BioComércio Ético (UEBT). O levantamento foi feito em março e abril e ouviu cerca de 8,7 mil pessoas no Brasil, Equador, México, nos Estados Unidos, no Reino Unido, na Holanda, França, Alemanha e Índia. Para 88% dos brasileiros ouvidos na pesquisa, o maior índice entre todos os países, o assunto é considerado “essencial”.
Ao lado do México, o Brasil teve respostas acima da média dos demais entrevistados sobre temas como aquecimento global, desmatamento, desenvolvimento sustentável e responsabilidade social corporativa. Noventa e dois por cento dos brasileiros disseram já ter ouvido falar sobre biodiversidade e 48% conseguiram dar definições corretas para o termo. Entre os mexicanos, 52% deram respostas corretas. Os outros índices de acerto foram: Alemanha (47%), Holanda (45%), Reino Unido e Estados Unidos (39%) e França (37%). Os piores resultados ficaram com o Equador (17%) e a Índia (2%). A meta da Organização das Nações Unidas (ONU) é que até 2020 toda a população mundial saiba sobre biodiversidade­.
Entre as respostas corretas para biodiversidade estavam: "É tudo o que envolve a natureza e seus habitantes, plantas, insetos, animais, águas e a diversidade da fauna e flora como um todo”, dada pelo participantes do Brasil, ou “A diversidade de todas as criaturas e plantas, a diversidade da natureza na Terra”, da Alemanha. A pesquisa revelou ainda que a população jovem brasileira é a mais bem informada sobre o tema. Cinquenta e sete por cento sabem o que é a biodiversidade, enquanto a média para esse perfil é 43%.
Os entrevistados também estão atentos à origem do que consomem. Do público brasileiro, 89% disseram se preocupar com o fato de as empresas adotarem boas práticas de acesso e uso dos insumos naturais, além de manifestar interesse em ser mais bem informado sobre essas práticas. Os brasileiros disseram se informar sobre o assunto pela televisão e pelo rádio.
Houve aumento do número de acertos para a definição de biodiversidade desde a primeira edição da Barômetro da Biodiversidade. A média global passou de 30%, em 2009, para 39% de acertos, em 2015. Segundo a União para o BioComércio Ético, além de melhorar nos conceitos nos últimos sete anos, os entrevistados passaram a relacionar o meio ambiente com produtos do dia a dia, como alimentos, medicamentos e cosméticos. Na média geral, 79% deles querem saber a procedência dos ingredientes que compõem os produtos alimentícios e 87% declaram comprar alimentos que seguem essa linha. O levantamento revela ainda que 83% dos que foram ouvidos esperam que os fabricantes adotem políticas de respeito à biodiversidade e, mais uma vez, Brasil e México se destacam, com 92% e 95%, respectivamente.
A pesquisa Barômetro da Biodiversidade entrevistou 47 mil consumidores em 16 países entre 2009 e 2015.
Fonte - Agência Brasil 25/06/2015

quarta-feira, 24 de junho de 2015

Funcionários do trem-bala de Tóquio limpam carros em tempo recorde - 'O Milagre dos 7 minutos'

Transportes sobre trilhos/Internacional

Em apenas sete minutos,eles limpam cada um dos 323 trens, antes de partirem novamente de Tóquio. Os trens transportam aproximadamente 400 mil pessoas por dia e cada carro tem cem poltronas.

RF
imagem /YouTube
Charli James, jornalista correspondente do Date Line de Tóquio, registrou no vídeo abaixo a agilidade e precisão com que os funcionários da limpeza dos trens-bala da empresa Shinkansen fazem seu trabalho.
Em apenas sete minutos,eles limpam cada um dos 323 trens,antes de partirem novamente de Tóquio. Os trens transportam aproximadamente 400 mil pessoas por dia e cada carro tem cem poltronas.
No curto período de tempo, eles recolhem o lixo dos assentos, varrem o chão, checam bagageiros e arrumam a posição dos assentos para a próxima viagem, entre outros procedimentos.
Fonte - Revista Ferroviária  24/06/2015



Travessia para Morro é feita com conexão por conta do mau tempo

Travessia Marítima

O percurso entre a capital e a Ilha de Tinharé ficaram impróprias para os catamarãs, devido aos fortes ventos provenientes do Sul,já o sistema Salvador-Mar Grande opera normalmente.

Blog do Valente -TB
foto - ilustração
A travessia marítima do sistema Salvador-Mar Grande tem movimento tranquilo nesta quarta-feira (24/6), dia de São João. O sistema está operando com oito embarcações e seis na reserva, com horários a cada 30 minutos. As chuvas em Salvador e na Ilha de Itaparica reduziram o fluxo de passageiros, que deve permanecer apenas regular durante o dia. O sistema funcionará hoje até às 20h, no sentido Salvador-Mar Grande e até às 18h30, no sentido inverso.
Escunas paradas
Com as chuvas, as escunas que atendem os turistas no passeio às ilhas da Baía de Todos os Santos não vão operar hoje. Já a linha Salvador–Morro de São Paulo vai operar fazendo conexão em Itaparica, já que as condições de navegação no percurso entre a capital e a Ilha de Tinharé ficaram impróprias para os catamarãs, devido aos fortes ventos provenientes do Sul.
O primeiro catamarã saiu do Terminal Náutico às 8h30, atraca em Itaparica e de lá os passageiros seguem de ônibus até a Ponta do Curral, em Valença, e fazem a travessia para o Morro de São Paulo. Com conexão a viagem dura 3h20, ou uma hora a mais que quando o percurso é feito direto. As próximas saída para o Morro são às 9h, 10h30, 13h e 14h30.
Fonte - Tribuna da Bahia  24/06/2015

Setor produtivo quer incluir ferrovia em plano logístico

Ferrovias

Apesar da obra não estar prevista na nova etapa do Programa de Investimentos em Logística (PIL 2), lançado no início deste mês pelo Governo Federal, ele solicitou uma reunião técnica com representantes do setor produtivo do Paraná, para discutir a viabilidade de projetos de ampliação e melhoria em infraestrutura.

Jornal da Manhã - RF
foto - ilustração
A construção da estrada de ferro entre os municípios de Maracaju (MS) e Paranaguá, cujo projeto de traçado inclui a região dos Campos Gerais, despertou interesse no ministro dos Transportes, Antonio Carlos Rodrigues. Apesar da obra não estar prevista na nova etapa do Programa de Investimentos em Logística (PIL 2), lançado no início deste mês pelo Governo Federal, ele solicitou uma reunião técnica com representantes do setor produtivo do Paraná, para discutir a viabilidade de projetos de ampliação e melhoria em infraestrutura. O ‘PIL 2’ contemplou apenas duas obras no estado: melhorias no trecho rodoviário entre a Lapa e União da Vitória e no Porto de Paranaguá.
“Queremos uma reunião com o governo do Paraná, ANTT e representantes do setor produtivo para tentarmos preencher os requisitos técnicos exigidos pelo TCU e viabilizar a ampliação também de ferrovias no Estado”, pediu Rodrigues, em evento na Federação das Indústrias do Paraná (Fiep), no Campus da Indústria de Curitiba, na última sexta-feira, para apresentar o ‘PIL’. A obra dessa ferrovia é uma das oito obras de infraestrutura incluídas em um ofício entregue ao Ministro pelo presidente da Fiep, Edson Campagnolo, tratadas como prioritárias.
Campagnolo entregou, também, uma versão prévia do Plano Estadual de Logística e Transportes (Pelt 2035). “Esperamos que o ministro nos apoie em nosso pleito de abertura de um edital de chamamento para que as construtoras possam sinalizar interesse, com Propostas de Manifestação de Interesse (PMI). Temos estudos que demonstram que os investimentos neste trecho, onde se concentram grandes cooperativas do Estado, se pagam em poucos anos”, afirmou o presidente da entidade. A estimativa é de que, em oito anos, a obra ‘se pague’. João Arthur Mohr, integrante do conselho Temático de Infraestrutura da Fiep afirma que as rampas até Paranaguá são muito inclinadas, o que comporta apenas 50 vagões com baixa velocidade na ferrovia. Com isso, apenas 20% do que chega ao porto é transportado por trens.

CAMPOS GERAIS
Traçado beneficia logística regional
A construção da ferrovia traria benefícios diretos à logística na região. Com a utilização do ramal no transporte de grãos até o Porto de Paranaguá, centenas de caminhões seriam retirados das estradas – inclusive do trecho urbano em Ponta Grossa -, desafogando o transito nas rodovias. Na região dos Campos Gerais, a ferrovia passará por municípios como Irati, Fernandes Pinheiro, Palmeira e Porto Amazonas, absorvendo a produção de diversas cooperativas.
Fonte - Revista Ferroviária  24/06/2015

Japão terá o maior sistema de armazenamento de energia solar do mundo

Internacional

O sistema permitirá armazenar o excesso produzido por fábricas de energia solar e oferecer um abastecimento estável, mesmo de noite ou quando baixa a produção devido a condições meteorológicas, explicou à EFE um porta-voz da Mitsubishi.

Da Agência Lusa
foto - ilustração
A empresa japonesa Mitsubishi Electric vai construir em Fukuoka (no Sul do Japão) o maior sistema de armazenamento de energia solar do mundo, com capacidade de 50 mil kilowatts, confirmou hoje (24) a agência espanhola EFE.
O projeto, encomendado pela companhia elétrica japonesa Kyushu Electric Power e que conta com financiamento estatal, consistirá em uma rede de baterias, que ocupará extensão de 14 mil metros quadrados na localidade de Buzen e será capaz de fornecer eletricidade a 30 mil habitações.
O sistema permitirá armazenar o excesso produzido por fábricas de energia solar e oferecer um abastecimento estável, mesmo de noite ou quando baixa a produção devido a condições meteorológicas, explicou à EFE um porta-voz da Mitsubishi.
Uma vez construído, durante este ano, será o maior sistema de armazenamento do tipo em todo o mundo, segundo a mesma fonte, que assinalou existirem instalações semelhantes na Itália e em outros países asiáticos, mas de menor capacidade.
O Japão tem como meta aumentar a produção de energias renováveis, de 22% a 24% do total, até 2030, praticamente duplicando o nível atual.
Fonte - Agência Brasil  24/06/2015

PMEs podem faturar R$ 11,8 bi com concessões

Infraestrutura

"Tornar-se fornecedor de uma grande empresa pode ser o caminho para o sucesso dos pequenos negócios. Para tanto, a palavra de ordem é competitividade, atendendo aos requisitos exigidos pelas empresas contratantes, geralmente associados a prazo, preço e qualidade dos produtos e serviços ofertados", disse Luiz Barretto, presidente do Sebrae Nacional....

Brasil Econômico - RF
foto montagem/Pregopontocom
As micro e pequenas empresas podem faturar R$ 11,8 bilhões com o novo plano de concessões em infraestrutura do governo federal que prevê investimentos em rodovias, ferrovias e aeroportos. Segundo cálculos do Sebrae Nacional, as compras das construtoras costumam representar de 30% a 40% do valor de cada obra e as empresas de pequeno porte podem ter participação de até 30% nesse volume de negócios.
"Tornar-se fornecedor de uma grande empresa pode ser o caminho para o sucesso dos pequenos negócios. Para tanto, a palavra de ordem é competitividade, atendendo aos requisitos exigidos pelas empresas contratantes, geralmente associados a prazo, preço e qualidade dos produtos e serviços ofertados", disse Luiz Barretto, presidente do Sebrae Nacional, mencionando que muitos empreendedores veem no relacionamento com os gigantes do mercado uma oportunidade de crescimento.
De acordo com ele, na área de rodovias, as pequenas empresas podem atuar no fornecimento de equipamentos de proteção individual (EPI), material elétrico e hidráulico, tintas, ferragens, blocos de concreto, cimento, uniformes, ferramentas, transportes de pessoas e materiais, pintura, locação de veículos e maquinário.
Segundo o presidente do Sebrae, há boas oportunidades também na área de varejo dos aeroportos e no fornecimento de serviços de operação aeroportuária. Para exemplificar essa potencialidade de negócios, Barreto cita o Consórcio do Aeroporto de Guarulhos, no qual foram mapeados 104 fornecedores locais na base de compras em 42 categorias de possível fornecimento. O potencial de compra estimado pelo projeto foi de R$ 23 milhões, sendo que R$ 42 milhões já eram comprados localmente pelo aeroporto.
"O Sebrae estuda ampliar a atuação para os demais aeroportos que foram concedidos à iniciativa privada. Nesse sentido, a experiência em Guarulhos é fundamental para gerar conhecimento sobre a inserção competitiva e sustentável de pequenos negócios na cadeia de valor de operações aeroportuárias", acrescentou.
Fonte - Revista Ferroviária  24/06/2015

Governo francês considera “inaceitável" espionagem entre aliados

Internacional

Informações divulgadas nessa terça-feira revelaram que a NSA lançou grande operação para espionar três chefes de Estado franceses e colaboradores próximos, como diplomatas ou chefes de gabinete.Os EUA espionaram, pelo menos entre 2006 e 2012, os três últimos presidentes franceses, Jacques Chirac, Nicolas Sarkozy e François Hollande, segundo documentos da Wikileaks revelados pelo diário Libération e o site Mediapart.

Da Agência Lusa
Foto - ilustração/Ag.Brasil
O governo francês considerou hoje (24) “inaceitável a espionagem entre aliados”, depois de documentos revelados pelo WikiLeaks indicarem que a Agência de Segurança Nacional norte-americana (NSA, na sigla em inglês) fez escutas para acompanhar as ações de três presidentes franceses, incluindo François Hollande.
“A França e os Estados Unidos são frequentemente aliados no mundo em nome da democracia e da liberdade. Tal ação claramente não é aceitável nem compreensível", disse à emissora i-Télé o ministro da Agricultura e porta-voz do governo, Stéphane Le Foll.
As declarações de Stéphane Le Foll foram dadas em Paris, antes da reunião de emergência convocada por François Hollande com os principais ministros e responsáveis pela área de defesa do país.
Informações divulgadas nessa terça-feira revelaram que a NSA lançou grande operação para espionar três chefes de Estado franceses e colaboradores próximos, como diplomatas ou chefes de gabinete.
A Casa Branca, que inicialmente se recusou a confirmar ou negar relatos de que a Agência de Segurança Nacional tinha espionado três presidentes franceses, disse ontem à noite que os Estados Unidos não visaram às comunicações de Hollande.
“Não temos como alvo, nem vamos ter, as comunicações do presidente Hollande”, disse o porta-voz do Conselho de Segurança Nacional, Ned Price, sem precisar que tipo de vigilância foi feito anteriormente.
Os EUA espionaram, pelo menos entre 2006 e 2012, os três últimos presidentes franceses, Jacques Chirac, Nicolas Sarkozy e François Hollande, segundo documentos da Wikileaks revelados pelo diário Libération e o site Mediapart.
Os documentos, classificados de secretos, consistem em cinco relatórios da agência de informações norte-americana, baseados em “interceptações de comunicação”, que eram destinadas à “comunidade de informações” dos EUA e a dirigentes da NSA, segundo o Libération.
Os relatórios são provenientes de um serviço identificado como Summary Services (o serviço das sínteses). Eles esclarecem o modo de funcionamento e de tomada de decisão de Hollande e de seus antecessores.
Fonte - Agência Brasil  24/06/2015

Paris promete quatro novas linhas de metrô para Jogos Olímpicos de 2024

Internacional

Esta é a quarta candidatura da cidade em 30 anos, depois das tentativas frustradas em 1992, 2008 e 2012. Como trunfos para ser escolhida a cidade-sede das Olimpíadas, Paris apresenta a infraestrutura esportiva já existente, como o Stade de France e o complexo de tênis de Roland Garros, em fase de modernização. 

RIF
foto - ilustração/Pregopontocom
Paris lançou nesta terça-feira (23) sua candidatura para sediar os Jogos Olímpicos e Paralímpicos de 2024. O anúncio ocorreu na sede do Comitê Nacional Olímpico francês e contou com a presença da prefeita da cidade, Anne Hidalgo, de Bernard Lapasset, que será o diretor do comitê da candidatura, e 150 medalhistas olímpicos franceses. Lapasset disse que o objetivo de Paris-2024 será "inovar, sorrir, vibrar e ganhar".
Esta é a quarta candidatura da cidade em 30 anos, depois das tentativas frustradas em 1992, 2008 e 2012. Lapasset, que é presidente do International Rugby Board, afirmou que Paris aprendeu diversas lições com os fracassos passados e que tenta realizar o processo "com método e coerência".
A prefeita Anne Hidalgo afirmou que a candidatura "tem fundações sólidas". Desta vez, o projeto foi construído com o apoio dos atletas e menos interferência de políticos.
O presidente François Hollande, fã de esporte e um entusiasta da candidatura de Paris, declarou que o Estado fará todos os esforços para apoiar o movimento desportivo. Em um comunicado, Hollande prometeu que a candidatura parisiense "será exemplar no plano ambiental, econômico e cidadão". "Este é um grande projeto realizado por uma causa nobre, em nome de valores universais como a igualdade e a fraternidade [...]. Um momento único para uma geração se unir e mostrar ao mundo o que a França tem de melhor", acrescentou.

Infraestrutura desenvolvida
Como trunfos para ser escolhida a cidade-sede das Olimpíadas, Paris apresenta a infraestrutura esportiva já existente, como o Stade de France e o complexo de tênis de Roland Garros, em fase de modernização. A cidade também vai construir quatro novas linhas de metrô e prolongar duas linhas existentes. Segundo a prefeitura, seria apenas necessária a construção da vila olímpica, de uma piscina e talvez de um centro de mídia.
Outro ponto positivo, assinalado pela imprensa, é que o projeto se estende a municípios que ficam na periferia da cidade. A Vila Olímpica, por exemplo, seria construída em Saint-Denis, ao norte de Paris, possibilitando a melhoria de áreas menos ricas da região metropolitana.

Concorrentes
Paris recebeu os Jogos Olímpicos pela última vez em 1924. Além das concorrentes já declaradas − Roma, Boston e Hamburgo −, Budapeste será a quinta cidade na disputa, depois que o conselho municipal aprovou nesta terça-feira o projeto defendido pelo comitê local.
A eleição para escolher a cidade-sede das Olimpíadas de 2024 acontecerá em 2017, em Lima, no Peru.
Fonte - Revista Ferroviária  24/06/2015

São João da Bahia impulsiona comércio no Pelourinho

São João/Salvador

O São João da Bahia impulsionou as vendas garantindo renda melhor a quem pega no ‘batente’ durante os festejos.Alem de alimentos e bebidas,o artesanato,comercializado em várias lojas do Pelourinho,é outro item muito procurado pelo público

Secom
Secom
Em quatro dias de festas juninas, no Terreiro de Jesus e Pelourinho, cresceu o movimento no Centro Histórico de Salvador, para alegria de pessoas que trabalham enquanto as sanfonas convidam baianos e turistas a dançar o forró. Baiana de acarajé desde pequena, Ana Cristina Ramos dos Santos, 48 anos, garante que o comércio está aquecido.
O São João da Bahia impulsionou as vendas garantindo renda melhor a quem pega no ‘batente’ durante os festejos. Ana Cristina diz que o comércio ficou muito parado devido à chuva. “Agora estamos ganhando um dinheirinho para nossas despesas. Eu [fiquei] um tempo afastada do Centro Histórico, onde sempre vendia bem, mas estou de volta”.

Cardápio junino
Mesmo no embalo de atrações como Targino Gondim, Carlos Pita e Dorgival Dantas, muita gente reserva um momento para saborear comidas juninas e pratos típicos baianos. Aberto há 25 anos no Terreiro de Jesus, o Bar e Restaurante O Cravinho já aumentou o faturamento em 40%, em relação aos dias comuns, mesmo índice registrado na loja de igual nome instalada ao lado. O cardápio de O Cravinho tem pratos feitos com frutos do mar.
“Nesse período de São João as vendas cresceram muito. Os festejos no Terreiro de Jesus trouxeram mais pessoas para cá. Aqui virou point para muitos grupos de amigos. Se o pessoal quer uma bebida no intervalo dos shows passa aqui”, festeja Carlos Souza, 22 anos, filho de um dos proprietários do bar.

Artesanato
Comercializado em várias lojas do Pelourinho, o artesanato é outro item muito procurado pelo público. Segundo a gerente da loja Lembrança da Bahia, Rochele Magalhães, o movimento neste São João só perde em resultados para a Copa do Mundo de 2014.
“Muitas pessoas passaram a frequentar o Centro Histórico por causa das apresentações musicais. Isso foi muito bom para a gente porque conseguiu alavancar as vendas em 30%. Ainda tem amanhã [quarta-feira, 24, dia de São João] para nós ampliarmos o faturamento”, afirma a gerente da loja.
Fonte - Secom Ba. 23/06/2015

Obras do VLT de Fortaleza serão retomadas neste mês,diz governo

Transportes sobre trilhos

De acordo com a assessoria de comunicação da Seinfra, em abril deste ano, o órgão concluiu a fase de recebimento de propostas para a retomada das obras.O VLT está com 50% de avanço nas obras e, quando concluído, terá 12,7 quilômetros ligando o Mucuripe à Parangaba.

Diário do Nordeste - RF
foto - ilustração
Até o fim deste mês, uma das três etapas do ramal Parangaba-Mucuripe, que será operado pelo Veículo Leve sobre Trilhos (VLT), terá sua ordem de serviço emitida pela Secretaria de Infraestrutura do Estado (Seinfra), afirmou o governador do Estado, Camilo Santana, durante evento "Todos Juntos pelo Hub da TAM", na manhã de ontem. Dessa forma, a obra paralisada há 13 meses deve ser retomada em julho.Camilo explicou que, para a retomada dos trabalhos, o VLT foi dividido em três trechos. Desses, dois já tiveram as suas licitações homologadas, portanto o reinício das intervenções está mais próximo. "Estamos acelerando os trabalhos. Neste mês, estou cobrando todo dia o meu secretário (André Facó, titular da Seinfra) para emitir a ordem de serviço", garantiu.
No entanto, destacou o governador, ainda serão necessárias a realização de algumas desapropriações nas áreas por onde o VLT irá passar. O trecho que vai da Parangaba até o Lagamar está praticamente todo desimpedido. Mas, na parte entre a Av. Santos Dumont até o Mucuripe, existe um gargalo justamente no Lagamar. "As negociações para as desapropriações no Lagamar ainda estão em andamento e estão indo bem. Estamos fazendo um esforço muito grande para que tudo possa dar certo", acrescentou o gestor.
Ele ainda comentou que, apesar de todo o empenho, as intervenções do ramal Parangaba-Mucuripe não são apenas do Governo do Estado. "Não depende só da gente. Tanto que essa é a terceira licitação que estamos fazendo somente para essa obra", ressaltou.
Mesmo assim, a expectativa dele é que, com a retomada das obras, agora no mês de julho, tudo possa ser concluído até o fim de 2016.

Consórcio
O ramal está incluso no Programa de Aceleração do Crescimento (PAC 2) e tem recursos de R$ 276,9 milhões. O consórcio anterior, CPE-VLT, formado pelas empresas Consbem Construção e Comércio Ltda, Construtora Passareli e Engexata, teve seu contrato rompido em maio do ano passado, pelo não cumprimento do prazo. O consórcio deixou a obra, que deveria estar pronta para a Copa do Mundo, com 50% de execução.
De acordo com a assessoria de comunicação da Seinfra, em abril deste ano, o órgão concluiu a fase de recebimento de propostas para a retomada das obras.
A intervenção foi dividida em três lotes, ofertados mediante o Regime Diferenciado de Contratações Públicas (RDC), no qual vence a proposta que oferecer maior percentual de desconto sobre o valor fixado e for habilitada em seguida nos quesitos financeiro, jurídico e trabalhista. O processo licitatório encontra-se em fase de consolidação.
O VLT está com 50% de avanço nas obras e, quando concluído, terá 12,7 quilômetros ligando o Mucuripe à Parangaba. Desta extensão total, serão 11,3 quilômetros em superfície e 1,4 quilômetros de trechos elevados.
Fonte - Revista Ferroviária  23/06/2015

terça-feira, 23 de junho de 2015

Governo propõe retomar obras do VLT de Cuiabá

Transportes sobre trilhos

O governador Pedro Taques (PDT) já afirmou que não colocará nenhum aditivo financeiro nas obras do VLT.Em resposta à Justiça Federal, o governo pediu o cumprimento contrato pactuado entre o Estado e o Consórcio sem nenhuma alteração

Marcos Lemos  - DC
foto - ilustração
O governo do Estado de Mato Grosso protocolou junto a 1ª Vara da Justiça Federal sua posição em relação às obras do Veículo Leve sobre Trilhos (VLT), que é a maior obra da Matriz de Responsabilidade da Copa do Mundo de 2014 e uma das muitas que estão atrasadas.
Protocolado pela Procuradoria-Geral do Estado (PGE), a resposta assegura a retomada das obras, mas defende o estrito cumprimento do contrato pactuado entre o governo de Mato Grosso através da extinta Secretaria Extraordinária da Copa do Mundo (Secopa) e o Consórcio VLT Cuiabá-Várzea Grande, formado pelas empreiteiras CR Almeida, Santa Bárbara, CAF, Magna e Astep.
Na formalização oficial, decorrente do fim do prazo de 75 dias concedidos pela juíza federal, Vanessa Curti Perenha Gasques, o governo lembra que o Consórcio VLT Cuiabá cobra valores que não fariam parte do contrato estipulado, já que a modalidade de licitação adotada foi o Regime Diferenciado de Contratação (RDC), que impede aditivos financeiros, além do fato de se cobrar por três turnos de trabalho, algo que na realidade não teria sido comprovado.
“Existem questionamentos que o governo do Estado fez em relação a uma série de exigências do Consórcio VLT Cuiabá-Várzea Grande ao qual o Poder Executivo desconsidera e aguarda a manifestação da Justiça Federal para que sejam resguardados os direitos do Estado e da sociedade mato-grossense”, disse o secretário de Comunicação, Jean Campos.
Já o Consórcio VLT Cuiabá-Várzea Grande emitiu nota pública sinalizando que também protocolou junto a 1ª Vara da Justiça Federal em Mato Grosso pedido de prorrogação de 30 dias no prazo concedido pelo Poder Judiciário Federal para que o Consórcio VLT e o governo do Estado efetuassem as negociações necessárias à retomada das obras do VLT.
Segundo a nota do Consórcio, a solicitação se deu em razão do prazo 75 dias estabelecido pela Justiça não ter sido suficiente para que as partes concluíssem a negociação, e informa, ainda, que apresentou ao governo estadual, nos prazos fixados pela Justiça Federal, o Cronograma de Retomada e Conclusão das Obras e o Cronograma Físico-financeiro, conforme determinação judicial, e reafirma seu pleno interesse em concluir as obras de implantação deste importante modal de transportes.
A partir de agora caberá ao juiz titular da 1ª Vara Federal, Ciro José de Andrade Arapiraca, analisar as informações de ambos os lados e chamar para nova audiência ou decretar encerrada a instrução processual desde que pactuadas quais serão as responsabilidade de cada uma das partes, tanto o governo do Estado e dos Ministérios Públicos, Federal e Estadual contra o Consórcio VLT Cuiabá-Várzea Grande.
Orçada inicialmente em R$ 1,477 bilhão, as obras do VLT poderão superar R$ 2 bilhões por causa de correção por atrasos, reequilíbrio econômico e financeiro, variação cambial e correção da inflação. Até agora foram pagos ao consórcio R$ 1.086 bilhão do total.
Fonte - Diário de Cuiabá  23/06/2015

CPI do Carf convoca executivos da Ford, Mitsubishi, Santander, RBS e Anfavea

Política

Foram convocados também o vice-presidente executivo do banco Santander, Marcos Madureira, e o presidente da Diretoria Executiva do Grupo RBS, Eduardo Sirotsky Melzer. De acordo com o autor dos requerimentos, senador José Pimentel (PT-CE), líder do governo no Congresso, as montadoras, a Anfavea, o Santander e a empresa de comunicação RBS, conforme as investigações da Polícia Federal e do Ministério Público Federal, participaram do esquema de manipulação de sentenças do Carf.

Ivan Richard 
Repórter da Agência Brasil 
A relatora, senadora Vanessa Grazziotin,
o presidente da CPI do Carf, senador Ataídes Oliveira,
e o conselheiro Leonardo Siade Manzan, na CPI
Marcelo Camargo - Agência Brasil
Os presidentes da Mitsubishi Brasil, Aiichiro Matsunaga, e da Ford Motor Company América do Sul, Steven Armstrong – responsável pela montadora no Brasil –, além do presidente da Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea), Luiz Moan, foram convocados hoje (23) para prestar depoimento na comissão parlamentar de inquérito (CPI) do Senado que investiga um esquema de venda de sentenças no Conselho Administrativo de Recursos Fiscais (Carf).
Foram convocados também o vice-presidente executivo do banco Santander, Marcos Madureira, e o presidente da Diretoria Executiva do Grupo RBS, Eduardo Sirotsky Melzer. De acordo com o autor dos requerimentos, senador José Pimentel (PT-CE), líder do governo no Congresso, as montadoras, a Anfavea, o Santander e a empresa de comunicação RBS, conforme as investigações da Polícia Federal e do Ministério Público Federal, participaram do esquema de manipulação de sentenças do Carf.
Investigado pela Operação Zelotes, deflagrada em março pela Polícia Federal e pelo Ministério Público Federal, o Carf julga recursos de multas impostas a contribuintes pelo Fisco. O órgão está no centro de um esquema de redução e de cancelamento de multas por meio de pagamento de propina a conselheiros do órgão, que pode ter provocado prejuízo de pelo menos R$ 5 bilhões, mas cujo valor pode chegar a R$ 19 bilhões.
Também foram convocados hoje cinco ex-conselheiros do órgão: Adriana Oliveira e Ribeiro, sócia da empresa J.R. Silva Advogados e Associados; Jorge Victor Rodrigues, Meigan Sack Rodrigues, Jorge Celso Freire da Silva e Edson Pereira Rodrigues. Como foram convocados, todos serão obrigados a comparecer à comissão.
A CPI aprovou ainda a convocação de Lutero Fernandes do Nascimento, assessor do ex-secretário da Receita Federal e ex-presidente do Carf Otacílio Dantas Cartaxto, um dos alvos da Operação Zelotes. Os senadores também aprovaram requerimento para ter acesso às últimas cinco declarações do Imposto de Renda Pessoa Física do ex-conselheiro do Carf Leonardo Manzan
Durante a Operação Zelotes, a Polícia Federal apreendeu mais de R$ 1,4 milhão, em espécie, na casa do advogado tributarista. Em depoimento à CPI, na semana passada, Manzan disse que o montante era oriundo de honorários advocatícios e foram declarados à Receita.
Fonte - Agência Brasil  23/06/2015

Travessia Salvador-Mar Grande é tranquila na véspera de São João

Travessia Marítima

O embarque ocorre de forma imediata e sempre que o fluxo de usuários aumenta, os usuários passam a ser atendidos com saídas de 15 em 15 minutos.A previsão da Astramab é que o movimento de saída da cidade pela travessia cresça a partir das 10h.

Nadia Santos-Blog do Valente
foto - ilustração
Os passageiros que desejam fazer a travessia marítima Salvador-Mar Grande encontram embarcações saindo a cada trinta minutos da capital na manhã desta terça-feira (23/6), véspera de São João. O embarque ocorre de forma imediata e sempre que o fluxo de usuários aumenta, os usuários passam a ser atendidos com saídas de 15 em 15 minutos.
A previsão da Astramab é que o movimento de saída da cidade pela travessia cresça a partir das 10h. Durante todo o período de festas juninas, o sistema está operando com esquema especial, podendo colocar em tráfego até 14 embarcações, caso o movimento de passageiros exija. As condições de navegação na Baía de Todos os Santos são consideradas boas e as embarcações cumprem o percurso da travessia em tempo médio de 40 minutos. Nesta terça, a última viagem saindo de Mar Grande será às 18h30 e de Salvador, às 19h30.
A linha Salvador-Morro de São Paulo também está sendo bem requisitada e os catamarãs vão deixar o Terminal Náutico com boa ocupação. Durante todo o período junino, oito catamarãs e lanchas rápidas atenderão baianos e turistas.
Os horários para o Morro são os seguintes: saídas de Salvador – 8h30, 9h, 10h30, 13h e 14h30. Saídas de Morro de São Paulo: 9h, 9h30, 11h30, 12h30 e 15h. A passagem custa R$ 82,35. Para os baianos e turistas interessados em fazer o passeio às ilhas da Baía de Todos os Santos a tarifa é R$ 40. As escunas saem do Terminal Náutico da Bahia a partir das 9h e retornam às 17h30. O passeio inclui paradas para banho de mar na Ilha dos Frades e em Itaparica.
Fonte - Tribuna da Bahia  23/06/2015

Alterações climáticas ameaçam saúde humana, aponta pesquisa

Meio Ambiente

Os autores do trabalho, cientistas europeus e chineses, consideram que “o risco potencial” do aquecimento do planeta para a saúde dos seres humanos tem sido subestimado.O documento diz que o impacto direto das alterações climáticas na saúde das pessoas resulta da maior frequência e intensidade de eventos meteorológicos extremos, como ondas de calor, inundações, secas e tempestades.

Da Agência Lusa
foto - ilustração
As alterações climáticas representam uma ameaça aos avanços conseguidos no último meio século para a saúde humana, alerta estudo divulgado hoje (23) pela revista The Lancet.
Os autores do trabalho, cientistas europeus e chineses, consideram que “o risco potencial” do aquecimento do planeta para a saúde dos seres humanos tem sido subestimado.
“As alterações climáticas constituem emergência médica e, portanto, requerem resposta urgente”, afirmou Hugh Montgomery, diretor do Instituto para a Saúde Humana do University College London (UCL).
O documento diz que o impacto direto das alterações climáticas na saúde das pessoas resulta da maior frequência e intensidade de eventos meteorológicos extremos, como ondas de calor, inundações, secas e tempestades.
As alterações climáticas têm também consequências indiretas para os seres humanos, como mudanças nos padrões de propagação de doenças infecciosas, aumento da poluição atmosférica, insegurança alimentar e má nutrição.
“As alterações climáticas têm o potencial de reverter as melhorias verificadas na saúde que o desenvolvimento econômico conseguiu nas últimas décadas”, disse Anthony Costello, responsável pelo Instituto para a Saúde Global do UCL.
Fonte - Agência Brasil  23/06/2015

Metrô facilita acesso de baianos e turistas ao Pelourinho

Metrô de Salvador

Quase todos os caminhos levam aos festejos juninos no Centro Histórico, o mais rápido e confortável é o trilhado pelo metrô que, além de gratuito, está funcionando todos os dias das 8h às 18h, exceto no feriado da quarta-feira (24), quando estrá fechado.

Secom
Secom
Se neste São João da Bahia, em Salvador, quase todos os caminhos levam aos largos e praças do Pelourinho, no Centro Histórico, o mais rápido e confortável é o trilhado pelo metrô que, além de gratuito, está funcionando todos os dias das 8h às 18h, exceto na quarta-feira (24), quando vai estar fechado.
Nesta segunda (22), Val Macambira abriu a programação no Terreiro de Jesus, onde a festa continua no tom do Forrozão, Calcinha Preta, Israel Novaes e Cristiano Araújo. Os largos do Pelourinho, Tereza Batista, Quincas Berro D’Água e Pedro Arcanjo também oferecem muita diversão para toda a família.
Na Estação da Lapa, um quinteto está se apresentando com zabumba, sanfona, e triângulo para animar os passageiros, e as crianças ganham ‘bigode’, pipoca e doces. Nesse ambiente junino, a aposentada Isabel Sena, moradora do Retiro, disse que ia levar toda a família de metrô para a festa. “É um meio de transporte que melhorou muito nossa vida e fica perto da nossa casa. Desde que [começou a funcionar] estamos utilizando”.

Três nacionalidades
Um grupo de sete amigos de três nacionalidades – Equador, Estados Unidos e Brasil (da Bahia) – pegou o metrô na Estação Bela Vista e desceu na Lapa, de onde todos seguiram para o Pelô. O americano Zach Adams, 19 anos, de Utah, afirmou que a viagem foi rápida. “Na Califórnia tem [metrô], mas em Utah não. Fizemos essa viagem em menos de 15 minutos”.
Outro americano, Maverick Stockinger, 20, faz parte do grupo e também disse ter ficado satisfeito por não enfrentar engarrafamento de veículos para conhecer o São João do Pelourinho. “No ano passado, eu conheci a festa em Pernambuco. Eu gosto muito da cultura, é uma festa legal para a família, todo mundo vai para brincar”.
Do Equador, Alexander Naranjo e Elder Delgado usaram o metrô para conhecer o São João da Bahia junto com os amigos. “Metrô não pega engarrafamento, tem ar condicionado, a gente vem junto e é muito mais tranquilo”, disse Alexander. Elder também gostou do meio de transporte. “Eu acho mais confortável e muito melhor”.
Angra Valesca, 22, é de São Paulo e mora em Salvador. “Quando eu me mudei [para a cidade], o metrô estava em construção. Então tínhamos só ônibus. Agora podemos fazer os trechos em bem menos tempo, com ar condicionado, mesmo que algumas vezes a gente tenha que ficar em pé”.
A amiga Simone Nascimento, 29, é baiana e diz que o metrô é muito bom. “Facilita muito para o baiano, [que] em vez de um ônibus, que demora duas horas, pode pegar esse metrô e viajar 20 minutos. Hoje seria estressante chegar ao centro. Talvez a gente nem viesse”.
Fonte - Secom Ba. 22/06/2015