quinta-feira, 26 de novembro de 2015

Show de bonecos aborda a evolução dos transportes

Arte & Cultura

Em cinco anos, a BuZum! já passou por 250 cidades.A peça conta com patrocínio da CCR Metrô Bahia (concessionária responsável pela construção e operação do sistema metroviário de Salvador e Lauro de Freitas) e apoio do Ministério da Cultura. 

Luana Almeida - A Tarde
Marco Aurélio Martins  - Ag. A TARDE
Quem passar nesta sexta-feira, 27, e no dia 1º de dezembro pela Estação Bom Juá do metrô poderá conferir gratuitamente a apresentação do espetáculo infantil Máquinas, que mostra a evolução dos meios de transporte. O espetáculo é da companhia teatral paulista BuZum!
A peça conta com patrocínio da CCR Metrô Bahia (concessionária responsável pela construção e operação do sistema metroviário de Salvador e Lauro de Freitas) e apoio do Ministério da Cultura. As apresentações são em seis sessões: pela manhã, às 9h, 9h30 e 10h; à tarde, às 14h30, 15h e 15h45.
A peça é encenada no interior de um ônibus equipado com palco, iluminação, ar-condicionado e capacidade para até 50 espectadores. O espetáculo tem duração de 17 minutos e mostra a história de amor de dois personagens que tentam chegar até a Lua. Como prova de amor, o protagonista cria vários meios de transporte.

História
Criado por Beto Andreetta e Mari Gutierrez e com direção de Wanderley Piras, o espetáculo de bonecos tem trilha sonora original assinada por César Maluf, que embala a viagem no tempo realizada pelos personagens, que atravessam desertos e montanhas a pé, a cavalo, em uma embarcação, até a invenção da roda.
A partir daí, o espectador acompanha a forma como o homem utilizou a tecnologia como aliada na construção de meios de transporte. Entre os dias 28 e 30, Máquinas será exibido para alunos em três escolas públicas da capital em sessões exclusiva. Nesta quinta, 26, foi a vez de 130 estudantes do Colégio Estadual Roberto Santos, no Cabula.

Debate
Embora seja voltada para o público infantil, a peça foi assistida por adolescentes dos 7º e 8º anos do ensino fundamental. Ainda assim, a história arrancou gargalhadas dos jovens e levantou o debate sobre o desenvolvimento da tecnologia voltada ao transporte.
"É importante conhecer a origem das coisas e como os homens souberam usar a inteligência para criações úteis que hoje são fundamentais nas nossas vidas", disse a estudante Vanessa Santos, 16.
A intenção, segundo o ator Dinho Weller, é apresentar assuntos de grande relevância, como a evolução dos meios de transporte, por meio da intertextualidade. "Utilizamos brincadeiras, curiosidades e dicas literárias para o público infantil aprender de forma leve e didática sobre o tema", disse.
Fonte - A Tarde  26/11/2015

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pela sua visita,ajude-nos na divulgação desse Blog
Cidadania não é só um estado de "direito",é também um estado de "espírito"