quinta-feira, 19 de novembro de 2015

Deputados vistoriam obras do VLT do Rio de Janeiro

Transportes sobre trilhos

Diferente de Mato Grosso, no Rio, 85% da obra já foi concluída. O modal terá uma linha de 28 quilômetros e custa praticamente o mesmo que já foi investido aqui no Estado. O convite da viagem partiu do prefeito Eduardo Paes (PMDB), que tem acompanhado o drama vivido em Mato Grosso

Folha Max
foto - ilustração
A Frente Parlamentar em prol da Retomada e Conclusão das Obras do Veículo Leve Sobre Trilho (VLT) vai conhecer o funcionamento do modal que está sendo instalado no Rio de Janeiro, nesta quinta-feira (19). “A intenção é verificar as peculiaridades do VLT carioca, que são muito semelhantes ao da Região Metropolitana de Cuiabá”, apontou o coordenador geral da Frente Parlamentar, o deputado estadual Emanuel Pinheiro (PR).
Diferente de Mato Grosso, no Rio, 85% da obra já foi concluída. O modal terá uma linha de 28 quilômetros e custa praticamente o mesmo que já foi investido aqui no Estado. O convite da viagem partiu do prefeito Eduardo Paes (PMDB), que tem acompanhado o drama vivido em Mato Grosso.
De acordo com o coordenador geral, a Frente Parlamentar irá auxiliar o Governo do Estado na retomada e conclusão das obras do modal. Além disso, segundo Emanuel, dará oportunidade da sociedade participar do processo de construção do modal. “Os usuários têm direito de se manifestar”, pontuou.
Na opinião do parlamentar, o Governo do Estado tem o dever de concluir as obras, já que o sistema irá proporcionar um salto na qualidade de vida dos usuários e impactos em toda região.
“O VLT é a verdadeira transformação no transporte público e a população merece o que há de melhor em termos de qualidade, modernidade e eficiência”, destacou.
A Frente Parlamentar é composta pelos membros titulares – Emanuel Pinheiro (PR); Silvano Amaral (PMDB); Max Russi (PSB); Janaina Riva (PSD) e Pedro Satélite (PSD). Os suplentes – Mauro Savi (PR); Gilmar Fabris (PSD); Romoaldo Junior (PMDB); Dilmar Dal Bosco (DEM) e Oscar Bezerra (PSB).
Fonte - ABIFER  18/11/2015

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pela sua visita,ajude-nos na divulgação desse Blog
Cidadania não é só um estado de "direito",é também um estado de "espírito"