sábado, 14 de novembro de 2015

Capitania dos Portos da Bahia intensifica fiscalização de embarcações

Fiscalização marítima

A Capitania dos Portos da Bahia (CPBA) realizou 5.090 abordagens,dessas, 256 condutores foram notificados e 8 tiveram a embarcação apreendida.

Jessica Sandes - A Tarde
Lúcio Távora - Ag. A TARDE
Na última Operação Verão, realizada entre dezembro de 2014 e março de 2015, a Capitania dos Portos da Bahia (CPBA) realizou 5.090 abordagens. Dessas, 256 condutores foram notificados e 8 tiveram a embarcação apreendida. A ação, anual, vale para todos os tipos de veículos marítimos.
As notificações mais comuns foram relativas à condução de embarcação por pessoa inabilitada e à falta de inscrição da embarcação na CPBA, além de inexistência ou insuficiência de extintor de incêndio e coletes salva-vidas.
Segundo a assessoria de comunicação da capitania, diariamente, uma equipe realiza ações de inspeção naval (IN), sobretudo na Baía de Todos-os-Santos (BTS). "Há uma atenção especial aos pontos onde ocorrem maiores concentrações de embarcações e banhistas (Porto da Barra, São Tomé de Paripe, Ribeira)", relata a instituição por meio de nota. Já nos finais de semana, o trabalho é executado por três equipes.

Operação anual
Durante a ação implementada entre os meses de dezembro e março, as atividades são intensificadas por meio do reforço nas equipes de inspeção naval, mas a entidade não informou quantos grupos serão acrescentados este ano.
Conforme a CPBA, as equipes são empregadas na área da BTS e em outras regiões de grande tráfego de embarcações, como Valença, Morro de São Paulo, Litoral Norte e Feira de Santana.
Os pontos mais utilizados pelos condutores de motos aquáticas são as localidades do Porto da Barra, Ribeira, São Tomé de Paripe, região sul da Ilha de Itaparica, região do Rio Jaguaripe e barra do rio Jacuípe. Além dos finais de semana, o movimento também é grande às segundas-feiras, sobretudo na Ribeira.
Fonte - A Tarde  14/11/2015

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pela sua visita,ajude-nos na divulgação desse Blog
Cidadania não é só um estado de "direito",é também um estado de "espírito"