sexta-feira, 23 de outubro de 2015

Ligação Londrina a Maringá (PR) por trilhos poderá ser feita por etapas

Transportes sobre trilhos

Para viabilizar a construção da nova linha de transporte por trilhos, o governo do Paraná, por meio da Secretaria Estadual de Planejamento e Coordenação Geral, anunciou na segunda-feira (19) o chamamento para o "Procedimento de Manifestação de Interesse (PMI)". 

Folha de Londrina
foto - ilustração
Discutido pelo governo do Paraná desde o ano 2000, o projeto do "Trem Pé Vermelho", que servirá ao transporte de passageiros entre as regiões de Maringá e Londrina, agora começa a dar passos no sentido de sua realização.
Para viabilizar a construção da nova linha de transporte por trilhos, o governo do Paraná, por meio da Secretaria Estadual de Planejamento e Coordenação Geral, anunciou na segunda-feira (19) o chamamento para o "Procedimento de Manifestação de Interesse (PMI)". No documento, as empresas deverão definir se preferem assumir a concessão do empreendimento ou fazer a gestão por meio de parceria público-privada (PPP).

Desmembrado
O projeto foi desmembrado em três subprojetos, que precisam ser assumidos em conjunto. Um de 24 km que ligará Paiçandu a Sarandi; o outro com 36 km, entre Ibiporã e Cambé; e um terceiro, ligando os dois trechos, com 93 km. "Existem trechos mais viáveis de início do que outros e é possível implantá-los em etapas. Mas o que definirá isso serão os estudos", disse o assessor técnico Guatassara Boeira, da Secretaria Estadual de Planejamento.


Segundo Boeira, uma possibilidade é aproveitar linhas férreas pré-existentes para a adoção de Veículos Leves Sobre Trilhos (VLTs) em conjunto com Veículos Leves sobre Pneus (VLPs) nas áreas urbanas. “É algo comum em muitas regiões da Europa e dos Estados Unidos, ou mesmo do Brasil, como em Santos, Rio de Janeiro e Natal”, lembrou.
Para o diretor executivo da Agência Terra Roxa de Desenvolvimento, Alexandre Farina, a ferrovia “daria maior acesso a serviços, lazer, estudo e empregos na região, o que pode atrair empresas pelo maior acesso à mão de obra”, sugere. Ele lembra ainda que a agência busca também enquadrar o projeto no Programa de Aceleração do Crescimento 2 (PAC 2).

Edital
O edital de chamamento para a PMI está disponível no site www.casacivil.pr.org.br, no banner "Conselho Gestor de Concessões", no link "Resolução de Chamamento". Os interessados têm de encaminhar as manifestações para elaboração de estudo de viabilidade em até 30 dias a partir de ontem.
Fonte - Mobilize  23/10/2015

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pela sua visita,ajude-nos na divulgação desse Blog
Cidadania não é só um estado de "direito",é também um estado de "espírito"