sábado, 18 de maio de 2013

Bonde de Santa Teresa - Projeto atrasa e ainda não tem data para voltar a circular no Rio


Projeto atrasa e bonde de Santa Teresa não tem data para voltar a circular no Rio

Júlia Affonso - Folha de São Paulo
"Santa Teresa sem o bonde é como o Corcovado sem o Cristo Redentor. O bairro fica descaracterizado", diz o aposentado Oswaldo, morador do bairro na região central do Rio de Janeiro há 68 anos e dono de muitas histórias que envolvem o tradicional bondinho.
Fora dos trilhos desde agosto de 2011, quando um acidente matou seis pessoas e deixou mais de 50 feridas, o novo Bonde de Santa Teresa ainda não tem cara. Previsto para fevereiro deste ano, o projeto ainda não foi apresentado ao governo estadual pela empresa vencedora da licitação, o que deve vai atrasar a volta dos bondes ao bairro, segundo avaliação do Crea-RJ (Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Estado do Rio de Janeiro). O governo informou, em nota, que o protótipo deverá ser entregue até o fim deste mês.
De acordo com o Conselho, são necessários um ano e seis meses para colocar o bonde em circulação: um para construí-lo e o restante do tempo para realização de testes de segurança. A primeira previsão do governo estadual era de que o bonde estivesse circulando no primeiro trimestre de 2014. A última informação divulgada pela Secretaria Estadual da Casa Civil, no entanto, é de que ele estará funcionando no fim do primeiro semestre do ano que vem, quase três anos depois de ter saído de circulação.
"As ladeiras de Santa Teresa são muito íngremes, com curvas bem fechadas, então os testes com os bondes têm que ser feitos lá mesmo e não na fábrica, onde as condições são outras. O governo vai ter que correr bastante pra colocá-lo para funcionar no prazo que deu. Não é um bonde, são 14", explica o engenheiro Luis Antonio Cosenza, vice-presidente do Crea-RJ.
De acordo com a Secretaria Estadual da Casa Civil, os 14 bondinhos fazem parte da nova frota do projeto de revitalização do Sistema de Bondes de Santa Teresa, que inclui ainda troca dos trilhos e trajeto 30% maior, passando de 7,2 km para 10,5 km.
A modernização de todo o sistema custará cerca de R$ 110 milhões. O total vai englobar a fabricação dos bondes e a reforma da rede elétrica, trilhos, oficina, controle operacional e segurança.
Em março deste ano, o consórcio Elmo-Azvi foi o vencedor da licitação para produção da via permanente, rede aérea e subestação de energia do sistema de bondes de Santa Teresa. As obras ainda não começaram.
O trajeto terá seus trilhos trocados por outros feitos para terrenos irregulares, mas manterá o mesmo traçado, tombado pelo Iphan (Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional) em abril de 2012.
Em nota, o órgão informou que, por sua importância histórica e paisagística, o tombamento preserva o trajeto, que começa "na estação junto ao Largo da Carioca, seguindo até o Largo dos Guimarães, onde se bifurca em direção ao Largo das Neves, no Paula Mattos e em direção ao ponto denominado Dois Irmãos, prolongando-se daí até o Silvestre, ambos os trechos incluídos, retornando, em seu traçado de volta, até a estação junto ao Largo da Carioca."
Ainda segundo o instituto, em prol da segurança, o tombamento não especifica que tipos ou modelos de trilhos ou bondes devem ser usados no percurso no que diz respeito à tecnologia. Também foi preservado o bonde de número 2, cujo modelo foi recentemente tirado de circulação.
Reclamações:
A preservação histórica dos bondes é uma das principais reivindicações da Amast (Associação de Moradores de Santa Teresa), que pede a manutenção do modelo estético dos veículos, inclusive com a permanência dos estribos nas laterais do bondinho, para que as pessoas possam andar em pé. Outro ponto de reclamação da associação é a falta de participação dos moradores na criação do projeto do bonde.
"Nós procuramos o Estado diversas vezes para mostrar as necessidades dos moradores, mas nunca fomos ouvidos. Entramos na Justiça e agora temos ido a reuniões no Ministério Público Federal, onde a Ttrans [empresa responsável pelo projeto] nos mostra o que vai sendo planejado. O estribo não foi a causa do acidente, algumas pessoas até se salvaram por terem conseguido pular", explica o diretor de Transportes da Amast, Jacques Schwarztein. "Nós queremos que os bondes novos sejam vermelhos e só os antigos e originais sejam amarelos. Pedimos também que os bondinhos não sejam fechados, e sim abertos, como antigamente."
Para a procuradora Ana Padilha, da Justiça Federal, as reuniões têm tentado conciliar os interesses do governo e dos moradores. No entanto, nem tudo o que a Amast quer poderá ser feito.
"Hoje existe um conceito de segurança que o bonde antigo não trazia. Está se buscando uma segurança que esses conceitos antigos não suportam, então fica difícil conciliar o estribo, por exemplo, para as pessoas andarem em pé. O MP está tentando conciliar a imagem tradicional com a segurança", afirma a procuradora. "O projeto do bondinho não está terminado, não existe uma imagem, existe o que a empresa acha que ele vai ser. É preciso caminhar, seguir em frente, senão [o bonde] nunca vai ficar pronto."
Além da questão história dos novos bondes, a Amast reclama do fato de o governo ter tirado todos os 17 bondes de circulação na época do acidente. Sete bondinhos eram do tipo VLT (Veículos Leves sobre Trilhos), e o restante era de modelos antigos.
"Quando você tem um acidente de ônibus, você não tira a frota toda de circulação. O mesmo para aviões, trens, metrôs. O acidente aconteceu com um bonde antigo, mas o sistema todo parou, incluindo os VLTs, que tinham cinco anos e estavam novos", explica Schwarztein. "Na nossa opinião, o acidente foi a saída para o governo tirar os VLTs de circulação, pois eles não serviam para andar aqui. Faziam um barulho horrível quando entravam nas curvas, pois tinham um problema no chassi. Não serviam para andar em ladeiras tão íngremes e fechadas como as de Santa Teresa, poderiam andar em Santa Cruz, em Jacarepaguá."
Procurada pela reportagem diversas vezes, a Central (Companhia Estadual de Engenharia de Transportes e Logística), responsável pelos bondes, não respondeu às solicitações de entrevista. A Ttrans, empresa que vai fabricar os novos bondes e responsável também pelos VLTs, informou que não poderia dar informações, pois a pessoa que poderia falar sobre o assunto só voltaria de viagem no fim do mês.
"Até hoje o governo não se pronunciou sobre os VLTs que estão parados. O que será feito com eles, que são novos? Se houve um erro de projeto e eles não funcionam... A mesma empresa que fez esses veículos da outra vez está fazendo agora", diz Cosenza. "Santa Teresa perdeu 50% da atividade econômica pela falta de bonde. Se não fosse a pressão dos moradores, [o governo] nem colocava mais os bondes."
História:
Além dos pedidos da Amast, outros moradores têm reivindicações a fazer. Para a aposentada Myrian Vilas Boas, moradora do bairro há 30 anos, a entrada do bonde deveria ser mais baixa, para os idosos terem acesso com mais facilidade.
"Minha perna não alcança a altura da entrada, eu tinha muita dificuldade para subir. Espero que consertem isso nessa reforma. O bonde faz muita falta, ele é indispensável em qualquer horário. Fica um tumulto no bairro sem eles, e é muito ruim andar de ônibus aqui", diz. "Os motoristas correm demais, parece que você vai cair lá embaixo em cada curva."
Para Oswaldo, o bonde é uma foram de integração social, além de servir como transporte. "Nos anos 60, se o motorneiro não te visse no ponto, ele ia na sua casa ver se você estava doente. Às vezes, a gente via uma casa fazendo uma festa, mas não tinha convite para entrar. A gente ia para a portaria e ficava lá vendo se conhecia alguém que andava no bonde", lembra o aposentado. "Muitas vezes, nós entrávamos nas festas assim."
Responsabilidade penal:
O Procurador Geral da República, Roberto Gurgel, determinou na última quinta-feira (16) o arquivamento do processo que apurava a responsabilidade do Secretário Estadual de Transportes, Júlio Lopes, no acidente de agosto de 2011. Segundo o Ministério Público Federal, no aspecto penal, não é possível determinar que ele seja culpado pelo acidente.
Fonte - São Paulo Trem Jeito  18/05/2013

Anistia Internacional pede inclusão de agricultor maranhense em programa de proteção

Isabela Vieira
Repórter da Agência Brasil

Rio de Janeiro - Entidades de defesa dos direitos humanos cobram a inclusão imediata do agricultor familiar Antônio Isídio em um programa de proteção da Secretaria de Direitos Humanos (SDH) da Presidência da República. Liderança da comunidade de Vergel, que fica próxima ao município de Codó (MA), ele tem recebido ameaças de morte, que se intensificaram nos últimos meses.
De acordo com a Anistia Internacional, que lançou a campanha pedindo a inclusão de Isídio no programa, o agricultor e sua família foram alvo de ameaças contundentes por agropecuaristas e madeireiros interessados em se instalar na região, disse a coordenadora de Direitos Humanos do órgão, Renata Neder. Na avaliação da entidade, a situação não é isolada.d
“Em dezembro, a casa de Antônio foi alvo de disparos, depois sua esposa foi impedida de colher coco de babaçu nas proximidades. Em janeiro, a capela da comunidade foi incendiada no dia em que estava prevista uma missa em homenagem a outra liderança assassinada e, em abril, os animais de seu Antônio tiveram as orelhas decepadas, o que na região é um ato de intimidação”, revelou.
A Secretaria de Direitos Humanos, que enviou servidores ao local para entrevistar a família de Isídio e avaliar o pedido de inclusão no programa de proteção, prometeu definir a questão em uma reunião na próxima quinta-feira (29). A Ouvidoria Agrária, do Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA), que também foi acionada no inicio do mês, não se pronunciou sobre a denúncia.
Com apoio da Comissão Pastoral da Terra (CPT), os pequenos agricultores da Vergel têm enfrentado o aumento de ações de grileiros e pistoleiros. Na região, ocupada também por comunidades tradicionais, como catadores de babaçu e quilombolas, mais três lideranças foram mortas nos últimos anos em conflitos agrários, segundo balanço do órgão. Nenhum dos suspeitos foi julgado até hoje.
Além da proteção de Isídio e da sua família, as entidades pedem que os governos estadual e federal acelerem a regularização das terras na região e ataquem a origem do conflito. “A grilagem de terra, a fraude cartorial, a relação entre o agronegócio e o Poder Público se refletem cada vez mais na radicalização do conflito ali”, disse o deputado federal pelo Maranhão, Domingos Dutra (PT).
Ex-presidente da Comissão de Direitos Humanos da Câmara dos Deputados e 20 anos como advogado de lideranças da região, Dutra avalia que as ameaças e ataques ao trabalhadores rurais e quilombolas nos municípios próximos a Codó também aumentaram após o anúncio da instalação de uma refinaria de petróleo pela Petrobras, o que se refletiu na especulação imobiliária.
Fonte - Agência Brasil  18/05/2013

Importância dos países do BRICS segue em alta

Escolha de Roberto Azevêdo para a presidência da OMC foi mais um importante passo para o grupo

Pela primeira vez desde a criação da Organização Mundial do Comércio (OMC), um membro dos países do grupo BRICS estará à frente da entidade, o Embaixador Roberto Azevêdo, do Brasil. A Presidente brasileira, Dilma Rousseff, comemorou a escolha do diplomata para dirigir o organismo, afirmando que, devido à sua experiência e ao seu comprometimento, ele será capaz de conduzir a OMC em direção a uma ordem econômica mundial mais justa e dinâmica.
Roberto Azevêdo representa o Brasil na Organização Mundial do Comércio desde 2008 e, a partir de 1º de setembro deste ano, será o sucessor do atual diretor, o francês Pascal Lamy cujo mandato se encerra em 31 de agosto. O diplomata brasileiro derrotou o candidato rival, o ex-Ministro do Comércio do México, Hermínio Blanco. Sua por parte dos representantes dos 159 países membros do organismo terá um impacto muito forte sobre o enfoque político da OMC.
Com a investidura de Roberto Azevêdo, os países em desenvolvimento, liderados pelos BRICS (Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul) terão uma oportunidade de ouro para se pronunciar sobre questões polêmicas relacionadas à agricultura e aos subsídios, problemas estes que continuam sem soluções devido à polarização entre países desenvolvidos e em desenvolvimento. Estes problemas se arrastam desde a chamada Rodada de Doha realizada pela OMC em 2001.
Antes da escolha de Roberto Azevêdo, a União Europeia havia expressado apoio a Hermínio Blanco. Porém, Estados Unidos e Canadá, parceiros do México no Acordo de Livre Comércio da América do Norte (NAFTA), não se manifestaram.
Egito continua sonhando em entrar para o Grupo dos BRICS: 
Quando ainda se discutia a sucessão de Pascal Lamy na Organização Mundial do Comércio, um fato agitou a pauta de discussões dos BRICS, o desejo do Presidente do Egito, Mohammed Mursi, em aderir ao grupo. A proposta foi confirmada pelo próprio chefe de Estado egípcio à Dilma Rousseff durante sua visita ao Brasil. Ele disse que fortaleceu esta ideia ao assistir à reunião de cúpula do quinteto em Durban, na África do Sul, em março deste ano. A partir daquele encontro, começou a trabalhar com esta possibilidade e chegou a sugerir que, com a admissão do Egito, o grupo alteraria a sua denominação para E-BRICS.
Formalmente, os países do grupo consolidaram a sua atuação em bloco em 2009, durante a reunião de cúpula realizada em Ekaterinburgo na Rússia. Dois anos depois, em 2011, a convite do então Presidente e hoje Primeiro-Ministro da Rússia, Dmitri Medvedev, a África do Sul foi admitida no Grupo.
Para muitos teóricos, a entrada do Egito no grupo deve ser considerada pelo BRICS. Mesmo ainda se recuperando da crise política que emergiu em 2011 e provocou a renúncia do então Presidente e hoje prisioneiro Hosni Mubarak, o Egito tem um considerável peso político não só na África como também no Oriente Médio, especialmente no que diz respeito ao relacionamento dos países árabes com Israel.
Estes teóricos também entendem que apesar de continuar às voltas com uma crise econômica, o Egito poderá se transformar numa potência econômica da África. Por isso, os analistas entendem que os cinco países do BRICS devem analisar minuciosamente a proposta do Egito de aderir ao grupo. As chances da relação custo-benefício se tornarem positivas são concretas e isto tem de ser levado em conta pelos governantes das nações do quinteto.
Banco de Desenvolvimento dos BRICS ganha estrutura: 
Também está ganhando relevância a ideia da criação do Banco de Desenvolvimento dos BRICS. A iniciativa foi proposta pelo Ministro das Finanças da Índia, P. Chidambaram, na reunião de cúpula de Nova Déli, em março de 2012, debatida em março deste ano em Durban e voltará a ser analisada na próxima reunião do grupo em março de 2014, no Brasil. Os planos são de que, até o encontro seguinte, em 2015, na Rússia, tudo esteja definido.
O Presidente da África do Sul, Jacob Zuma, disse em Durban que é preciso apressar três definições: a cidade sede do Banco de Desenvolvimento dos BRICS, o valor do capital social e de quanto será a competência financeira de Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul na composição nova instituição.
Ao participar do Fórum Econômico Mundial sobre a África, há algumas semanas, Jacob Zuma citou como foi importante para a África do Sul ter passado a fazer parte do BRICS. Segundo o presidente, este fato aumentou a importância política e econômica do país e o que passou a representar para Brasil, Rússia, Índia e China a porta de entrada para o continente africano, que conta com mais de um bilhão de habitantes.
Os cinco países do BRICS reúnem hoje 40% da população mundial e representam 25% do PIB de toda a Terra. Por isso, a ascensão de um dos seus representantes na OMC fortalecerá a voz dos países em desenvolvimento e ajudará a dar uma nova forma à ordem econômica mundial que se encontra em constante evolução.
Fonte - Diário da Russia 17/05/2013

Rodízio apenas não resolve a mobilidade urbana

Apenas rodízio não resolve a mobilidade urbana



Por Edmar Lyra
para o Acerto de Contas

Ontem tive a ‘brilhante’ ideia de ir da minha casa ao Carrefour da Torre. Da minha casa, em Boa Viagem, pro Carrefour da Torre são aproximadamente 12 km. Peguei o TI Aeroporto na Barão de Souza Leão e desci na integração, lá peguei o metrô sentido centro. Saí de casa por volta das 16 horas.
Na estação Aeroporto eram aproximadamente 16:20 horas. Quando cheguei na estação Largo da Paz eram 17:00 horas. Fui andando até pegar o ônibus Estrada dos Remédios e chegar no Carrefour. Foram 20 minutos de caminhada até encontrar o ônibus. Cheguei ao meu destino final às 18:00 horas. Portanto, fiz em duas horas o percurso de 12 km. Na volta saí eram 19:00 horas e cheguei na minha casa às 20:45 horas. Um total de 3:45 minutos para fazer um percurso de apenas 24 km.
Na ida o metrô tinha ar-condicionado mas o condutor não ligou, parecia que estávamos numa sauna, como se não bastasse o metrô parecia uma lata de sardinha e pra completar um dos trens estava quebrado e ficou atrasando a viagem. Perguntei a algumas pessoas que têm a necessidade de utilizar este modal diariamente e eles me disseram que esta prática é corriqueira. Também fui informado por um funcionário do Metrorec que existem cinco trens novos que a empresa simplesmente não usa.
Após muita reclamação dos passageiros, o condutor ligou o ar-condicionado mas ele ficou tendo que parar para não bater no que estava na frente que apresentava problemas. Terminou que muitos passageiros foram obrigados a pegar a linha Cajueiro Seco/Recife, que já estava completamente lotada para completar o trajeto.
Na volta, um trânsito infernal, precisei pegar o Vasco da Gama/Afogados que estava lotado, dele desci na Igreja de Afogados pra pegar o Afogados/Aeroporto. Este pra minha sorte não estava lotado, mas quando cheguei no TI Aeroporto fui obrigado a ficar 20 minutos aguardando a linha TI Joana Bezerra pra descer na Av. Conselheiro Aguiar e voltar pra casa.
No mais, há uma nítida proibição para a entrada de bicicletas nas estações de metrô, onde deveria ter na realidade um biciletário para interligar modais. O lado positivo foi ver que na Linha Sul do Metrô temos um Recife que não vemos, podendo haver a implantação de estações navegáveis a partir do metrô interligando o transporte urbano.
O que acontece no trânsito do Recife, onde circulam cerca de 3 milhões de veículos da RMR, é que o trânsito é desorganizado. São 30% dos passageiros dentro dos veículos ocupando 70% das vias. Mas como o cidadão vai largar o conforto do seu carro para entrar nos enlatados humanos?
Além do mais, quem vai se arriscar a levar quase quatro horas para percorrer um trajeto de 25 km? Mesmo que o fulano perca 3 horas no trânsito com o carro dele todos os dias, pelo menos ele está no conforto do seu veículo.
Transporte público de qualidade passa pela interligação de modais, o conforto dos passageiros e a rapidez e eficiência do mesmo. O cidadão que possui seu veículo não irá trocá-lo nestas condições sob hipótese alguma.
O rodízio de veículos deve ser discutido. E tenho a opinião de que ele deve ser implantado, mas ele sozinho não resolve o problema, apenas agrava. Porém, não adianta apenas criticar os órgãos públicos, devemos propor soluções viáveis e aqui vão elas.
- Realizar incentivos fiscais para empresas que coloquem bicicletários e vestiários para seus funcionários.
- Que disponibilizem veículos grandes (ônibus) para levar e buscar os seus funcionários.
- Empresas que atribuam o aspecto home-office para muitos de seus funcionários.
- Com o home-office, poderia haver também uma escala de folga para os respectivos funcionários durante a semana. Em vez dos mesmos trabalharem cinco dias, tiverem trabalho em dias alternados, bem como os horários.
- A liberação do habite-se para os próximos empreendimentos comerciais ou residenciais deveriam conter a obrigatoriedade de colocar um bicicletário com uma vaga de bicicleta para cada apartamento nos residenciais e bicicletário e vestiário para os empreendimentos comerciais.
- Criar campanhas de conscientização para o uso do transporte público em detrimento ao individual.
- Cobrar do Grande Recife Consórcio de Transporte o aumento da frota de veículos para diminuir a fila, a quantidade de pessoas nos veículos e o tempo de espera entre uma viagem e outra.
- Nesta mesma linha, cobrar do Metrorec um maior contingente de trens e a utilização do ar-condicionado, gerando uma multa para a linha que não utilizá-lo.
Esta ação depende da sociedade, da prefeitura do Recife, do governo do Estado e das empresas de transporte público, caso contrário, o caos se estabelecerá na cidade do Recife e adjacências. Ou melhor, já se estabeleceu!
Fonte -  do Blog Acerto de Contas 17/05/2013

Enem registra mais de 2,7 milhões de inscritos


Luciano Nascimento
Repórter da Agência Brasil

Brasília – A página de inscrição do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) registrou mais de 2,7 milhões de inscritos, após cinco dias do início das inscrições. O balanço foi divulgado pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), responsável pelo exame, aponta que foram registradas 472 mil inscrições somente no dia 13, data em que as inscrições foram abertas.
De acordo com o Ministério da Educação, a quantidade de inscritos no período é maior que o registrado em 2012. As inscrições terminam às 23h59 do dia 27 deste mês. O Enem é destinado àqueles que já concluíram ou vão concluir o ensino médio até o fim de 2013, mas pode ser feito também por quem quer apenas treinar para a prova.
O resultado no exame é usado no Sistema de Seleção Unificada (Sisu), que oferece vagas em instituições públicas de educação superior. Os interessados em fazer a prova devem se inscrever pela internet no endereço do Enem. Para os estudantes que têm dúvidas, a página também traz um passo a passo com orientações detalhadas sobre como fazer a inscrição no exame. O exame será aplicado nos dias 26 e 27 de outubro em todos os estados e no Distrito Federal.
Fonte - Agência Brasil 17/05/2013

COREIA DO SUL lidera o envio de profissionais ao CEARÁ

257 estrangeiros para trabalhar no Estado

Armando de Oliveira lima      
Reporter

Dados do MTE para os três primeiros meses do ano apontam a evolução do interesse da Coreia do Sul no Ceará
Os sul-coreanos continuam sendo os estrangeiros que enviam maior número de profissionais para trabalhar no Ceará. Só nos primeiros três meses de 2013, das 257 autorizações emitidas pelo Ministério do Trabalho e Emprego (MTE), 79 novos cidadãos do país asiático vieram exercer algum tipo de serviço aqui.
foto - Alex Costa
Desde 2012, quando começaram a se intensificar as obras da CSP, ampliou o-se trabalho estrangeiro de sul-coreanos
Mas engana-se que todo esse pessoal vem para trabalhar nas pequenas lojas de importados, roupas e bolsas do Centro de Fortaleza. A vinda dos sul-coreanos deve-se principalmente à construção de grandes indústrias no Estado.
A chegada deles, segundo dados do MTE, acontece desde 2012, exatamente quando começaram a se intensificar as obras da Companhia Siderúrgica do Pecém (CSP). Só no ano passado, o número licenças do MTE para sul-coreanos virem trabalhar no Ceará foi de 297.
CSP atrai novos coreanos:
O empreendimento localizado entre São Gonçalo do Amarante e Caucaia conta duas empresas sul-coreanas como acionistas, a Posco e a Dongkuk, e investe na vinda de pessoal especializado neste tipo de indústria.
Dados da empresa responsável pelas obras do empreendimento, a Posco Engenharia e Construção (PEC), contabilizam que "só neste ano, foram contratados 17 coreanos para atuar na obra de construção da siderúrgica do Pecém", os quais devem permanecer no Brasil até 2015, para quando está previsto o término do projeto.
No entanto, atualmente, a PEC tem nos quadros de funcionários 129 sul-coreanos e mais 212 brasileiros.
A vinda desse pessoal, indiretamente, também atrai pessoal daquele país para o Estado, sejam parentes ou amigos, o que faz o número de licenças ser cada ano mais significativo.
Oficialmente, no que diz respeito a vinda de outros asiáticos para o Ceará com o objetivo de trabalhar, o MTE aponta uma queda nos registros de chineses - os únicos a virem para cá, além dos sul-coreanos. Enquanto em 2011, 32 chineses desembarcavam aqui para exercer algum serviço, no ano passado foram 24 e, até abril deste ano, apenas três cidadãos daquele país solicitaram autorização.
Interesse europeu continua:
O levantamento da Coordenação Geral de Imigração (CGIg) do MTE também evidencia o permanente interesse dos europeus em trabalhar no Ceará. Logo abaixo da Coreia do Sul, Portugal é o segundo país a enviar mais profissionais para o Estado, com 60 autorizações no primeiro trimestre no ano.
Os números também relacionam a vinda destes estrangeiros aos grandes negócios em desenvolvimento nos municípios cearenses, pois aqui estão uma grande rede de resorts e até termelétricas cujos sócios/proprietários são portugueses.
Igual evidência é vista para os espanhóis, os quais somaram 29 com autorizações entre janeiro e abril último. Eles já são quase metade dos 79 que vieram no ano passado, quando um novo empreendimento do ramo metalmecânico foi lançado em Caucaia, o que, provavelmente, irá demandar mais pessoal espanhol para o Ceará.
Necessários à região:
No entanto, a importação desta mão de obra não é aleatória. Mesmo com o interesse dos governos em ter grandes empreendimentos de multinacionais nos estados, há critérios para a liberação da autorização de trabalho.
De acordo com orientação do MTE, pessoal de fora do país só pode vir exercer atividades profissionais no Brasil se estas atividades não puderem ser ocupadas por brasileiros.
Este é o caso da construção das fundações da siderúrgica do Pecém, assim como da própria CSP e também da laminadora espanhola que será instalada no município de Caucaia.
Novas entradas são facilitadas:
Além da segurança oferecida aos profissionais de multinacionais como a Posco Engenharia, os estrangeiros interessados em trabalhar em qualquer parte do Brasil tiveram muitas barreiras derrubadas pelo Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) ontem, quando foi publicada a Resolução Normativa nº 104, a qual visa simplificar "os procedimentos para a emissão de autorização de trabalho a estrangeiros com a finalidade de facilitar a entrada de mão de obra qualificada no País".
Apesar das críticas de alguns setores sobre a importação de profissionais de fora, segundo o texto, que cita o ministro Manoel Dias, as novas regras reduzem em até "dois terços" o tempo de emissão da licença, que leva cerca de 30 dias. "A resolução também elimina as exigências referentes à remuneração do estrangeiro, simplifica e clareia os procedimento de cancelamento de autorização, prorrogação e transformação de estada", diz o Conselho Nacional de Imigração (CNIg).
Foco nos estudantes:
Outra medida também anunciada ontem pelo MTE, estudantes de fora poderão vir ao Brasil nas férias. "O profissional estrangeiro deve estar matriculado em mestrado, doutorado ou pós-graduação com, no mínimo, 360 horas e virá ao Brasil para uma experiência profissional em empresa brasileira". (AOL)
Fonte -  Diário do Nordeste 18/05/2013

Cai a Inflação semanal em cinco capitais

Inflação semanal cai em cinco capitais

Vinícius Lisboa
Repórter da Agência Brasil

Rio de Janeiro - Cinco das sete capitais pesquisadas pela Fundação Getulio Vargas (FGV) tiveram redução do Índice de Preços ao Consumidor Semanal (IPC-S) na segunda apuração do mês. O índice nacional ficou em 0,38%, com queda de 0,07 ponto percentual em relação ao da semana anterior.
A maior queda foi registrada em Salvador, onde a taxa passou de 0,44%, na semana encerrada em 7 de maio, para 0,05% na última medição, de 15 de maio. Os itens transporte e habitação se destacaram na capital baiana como pressões para a redução da inflação.
Em Belo Horizonte, houve queda de 0,70% para 0,54%, com a desaceleração das variações de preço no vestuário e em saúde e cuidados pessoais. Também houve decréscimo no Rio de Janeiro, de 0,51% para 0,39%, no Recife, de 0,55% para 0,47%, e em Porto Alegre, de 0,35% para 0,24%.
Brasília foi na contramão e apresentou alta da inflação, de 0,44% para 0,64%, assim como São Paulo, onde a taxa subiu de 0,36% para 0,42%. Nas duas capitais, os componentes vestuário, habitação, saúde e cuidados pessoais, educação, leitura e recreação e transportes apresentaram aumento das variações de preço.
Fonte - Agência Brasil  17/05/2013

Brasileiros...porque são deportados?...

Organizações querem saber motivos que levam brasileiros a serem deportados

Isabela Vieira
Agência Brasil
Rio de Janeiro - Descobrir os motivos que levaram brasileiros a ser deportados ou "não admitidos" em países estrangeiros pode ser uma forma de identificar e combater o tráfico internacional de pessoas. A avaliação foi feita por organizações da sociedade civil, durante audiência pública, nesta sexta-feira (17), no Ministério Público Federal (MPF), no Rio de Janeiro.
foto -  Ministério da Justiça/divulgação
De acordo com a Michelle Gueraldi, advogada do Projeto Trama, organização que atua com pessoas traficadas para exploração sexual ou para o trabalho escravo, o governo federal, por meio do Ministério da Justiça, deveria ter um mecanismo para abordar as pessoas deportadas ou não admitidas assim que elas retornassem ao país, já no aeroporto.
“Existe a necessidade de uma política pública para o migrante que retorna na condições de deportado ou não admitido, nos aeroportos, para que seja possível combater o crime e dar atendimento necessário àquela vítima. A maior parte das vítimas de tráfico [de pessoas] volta nessas condições [de deportado ou não admitido] e precisa de proteção especial”, disse Michelle.
A advogada explicou que é necessária uma abordagem qualificada na identificação de pessoas no aeroporto porque, segundo Michele, a própria vítima não se reconhece como tal. “Se a vítima tiver sido explorada sexualmente, a última coisa que diz é que trabalhava com isso”, ressaltou. De acordo com a advogada, boa parte das vítimas é recrutada por gente próxima, como parentes.
Pesquisadora da tráfico de pessoas pela Universidade Federal Fluminense, Graziella Rocha, que coordenou o órgão do governo estadual para combater esse tipo de crime, também reforça a importância de ter dados sobre o perfil das vítimas. Segundo Graziella, os dados mais confiáveis são os produzidos pela fiscalização de trabalho escravo do Ministério do Trabalho Emprego.
"Eles têm os autos de flagrante de trabalho escravo. Aqui no Rio, antigamente, até 2009, eram migrantes do Norte e Nordeste, trabalhando na colheita da cana, no norte flueminse. Hoje, sabemos de casos de pessoas traficadas para trabalhar na construção civil e em serviços", disse. Ela mencionou o episódio de um chinês flagrado sendo explorado em uma pastelaria.
Coordenador da audiência pública, o procurador regional dos Direitos do Cidadão, Jaime Mitropoulos, destacou que o objetivo da audiência foi ouvir a sociedade civil e os operadores de direito que trabalham com a questão para orientar a própria atuação de combate ao tráfico. “Esse é um fenômeno dinâmico”, disse sobre a dificuldade de tipificação penal do crime.
Fonte - EBC  17/05/2013

Governo simplifica processo para estrangeiros trabalharem no Brasil

Carolina Sarres
Repórter da Agência Brasil

Brasília - O governo facilitou as normas para autorizar estrangeiros a trabalhar no Brasil. De acordo com as regras, publicadas hoje (17) no Diário Oficial da União, o processo de documentação exigido tanto às empresas contratantes quanto aos trabalhadores foi simplificado. Outra medida de estímulo ao recebimento de mão de obra estrangeira é a normatização para a concessão de visto a estudantes de mestrado e doutorado em período de férias, para atividades temporárias (até 90 dias), sem prorrogação.
No caso dos trabalhadores, a simplificação foi feita por meio da aceitação do envio de documentação via internet, desde que garantidas segurança e autenticidade. Esses dados digitalizados serão armazenados na Coordenação Geral de Imigração (CGIg) do Ministério do Trabalho e Emprego. Se o trabalhador em questão vier trabalhar no Brasil por meio do vínculo entre empresas – como grupos ou conglomerados – também são dispensadas uma série de documentos de comprovação do vínculo associativo.
A partir de agora, o trabalhador ainda poderá obter a autorização de trabalho no país ainda que sua remuneração seja inferior à que recebia no país de origem. De acordo com a resolução que disciplinava a autorização de trabalho a estrangeiros até então, isso não era permitido.
Em relação à documentação das empresas, haverá isenção da apresentação, ao Ministério do Trabalho, de termo de responsabilidade por meio do qual assumem quaisquer despesas médicas e hospitalares do estrangeiro contratado. No total, a quantidade de documentos foi reduzida de dez para seis.
No caso dos estudantes de mestrado e doutorado, a resolução publicada hoje estabelece que, não necessariamente, o trabalho autorizado tem de ser vinculado a estágio ou intercâmbio. Para a concessão do visto temporário a essas pessoas – que não é um visto de trabalho –, deverá haver, ainda assim, autorização do Ministério do Trabalho, solicitada por meio do empregador, por meio da apresentação de documentos.
De acordo com dados do Ministério do Trabalho, nos primeiros três meses de 2013, foram concedidas mais de 15 mil autorizações a estrangeiros – 689 permanentes e 14,3 mil temporárias. Em 2012, foram mais de 73 mil.
Fonte - Agência Brasil  17/05/2013

sexta-feira, 17 de maio de 2013

Anatel diz que operadoras de celular não atingiram metas sobre conexão à internet

Sabrina Craide
Repórter da Agência Brasil

foto - ilustração
Brasília - Pela segunda vez, as operadoras de telefonia móvel não conseguiram alcançar as metas da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) em relação ao serviço de conexão à rede de dados. A segunda avaliação de desempenho das empresas mostrou que a taxa de acesso à rede de dados das quatro empresas analisadas (Vivo, Claro, TIM e Oi) ficou em 95%, enquanto a meta da agência é 98%.
Em outros indicadores, como o índice de queda de chamadas, queda de conexão da internet pela rede móvel e acesso à rede de voz, as empresas atingiram as metas estipuladas pela agência. Os resultados são referentes ao período de novembro de 2012 a janeiro de 2013.
A primeira avaliação trimestral da Anatel, divulgada em fevereiro, também havia demonstrado dificuldade das operadoras em atingir as metas de conexão à rede de dados. A avaliação começou a ser feita depois que a Anatel suspendeu as vendas de novas linhas por 11 dias, em julho do ano passado, por causa do desempenho insatisfatório das operadoras.
As empresas tiveram que apresentar planos de investimentos na melhoria das redes, do atendimento ao usuário e diminuição de interrupções do serviço. Os investimentos no serviço previstos para o triênio 2012-2014 totalizam R$ 30 bilhões.
O Sindicato Nacional das Empresas de Telefonia e de Serviço Móvel Celular e Pessoal (Sinditelebrasil) ainda não se manifestou sobre a avaliação da Anatel.
Fonte - Agencia Brasil  17/05/2013

Edital para operação do metrô será lançado na próxima semana

Da Redação

Uma alteração na agenda do governador Jaques Wagner (PT) antecipou para o próximo dia 24 o lançamento do edital do metrô de Salvador. De acordo com o secretário da Casa Civil da Bahia, Rui Costa, o edital compreende a conclusão da linha 1 (até Pirajá), a construção da Linha 2 e o projeto para levar o metrô até Cajazeiras. O valor do edital deverá ser de R$ 4 bilhões, segundo o secretário.
Foto - ilustração
Com o lançamento do edital, o governo do estado quer garantir que a Estação do Retiro esteja pronta até maio de 2014. Até lá, é possível que trens e trilhos precisem passar por reparos, já que os trilhos foram montados e os primeiros trens entregues em 2008. “Nós ainda não recebemos um relatório específico dos trens, mas deve haver uma rápida auditoria pela CTS (Companhia de Transportes de Salvador)”, disse Costa.
Além do trecho Lapa-Retiro antes da Copa do Mundo, o governo prevê levar o metrô até Pirajá até o final do ano que vem. Até dezembro de 2016, deverá ser implantada a Linha 2 e entregue o estudo para a extensão até Cajazeiras. A CTS, que será dirigida pelo ex-secretário da Fazenda da Bahia Carlos Martins, deverá passar oficialmente a ser controlada pelo estado na próxima quinta-feira, quando está prevista uma assembleia geral de acionistas. “A partir de quinta, efetivamente, a CTS passa a ser uma empresa estadual”, declarou Rui Costa.
Fonte - Correio  16/05/2013

Bilhete Único reduz tempo de viagens em até 50%, garante Etufor - Fortaleza

Na simulação feita com o uso do benefício, passageiro economizou 25 minutos

Redação
Foto -  Fabiane de Paula
Os fortalezenses irão economizar até 50% no tempo gasto de ônibus em algumas opções de deslocamentos na Capital utilizando o Bilhete Único, que tem início no próximo dia 15 de junho. A Empresa de Transporte Urbano de Fortaleza (Etufor) realizou uma simulaçãoprática para comprovar essa economia de tempo.
A simulação foi feita com passageiro saindo da Av. Beira Mar e chegando na Arena Castelão.
Com esse benefício, o usuário do transporte coletivo, em até 2 horas, pagando uma única passagem, poderá utilizar quantos ônibus quiser para realizar seu trajeto, sem a necessidade de passar por um terminal. A simulação, feita no último dia 14 com o intuito de mostrar que será possível anular a obrigatoriedade do passageiro passar pelo terminal, teve como ponto de partida a Av. Beira Mar, próximo ao Ideal Clube, e como ponto de chegada a Arena Castelão.
No exemplo, o horário foi o de pico da manhã, saindo às 6h22 da Av. Beira Mar e seguindo em direção ao terminal do Papicu. Nesse primeiro trecho o passageiro levou 17 minutos. Com um tempo de espera de três minutos até a chegada da linha que segue no sentido da Arena Castelão, mais 37 minutos gastos entre o terminal e a Arena, o usuário gastou 57 minutos total no deslocamento.
Tempo gasto foi de apenas 32 minutos
Com a opção do Bilhete Único, saindo do mesmo ponto da Av. Beira Mar, às 6h21, seguindo para a Praça Coração de Jesus, no Centro, o passageiro levou 10 minutos. Pegando a primeira linha que passaria pela a Arena Castelão, o usuário gastou apenas um minuto no tempo de espera entre um ônibus e outro. Realizando a integração com o outro ônibus e seguindo até a Arena Castelão, o tempo gasto no segundo percurso foi de 21 minutos. Ou seja, o tempo total foi de 32 minutos, e uma economia de 25 minutos em relação ao atual período de tempo gasto.
Fazendo o mesmo percurso, tendo a liberdade de pegar qualquer linha e quantos ônibus quiser, em qualquer ponto de parada, o passageiro teria uma economia de 25 minutos no percurso entre a Av. Beira Mar e a Arena Castelão.
Paradas serão sinalizadas
Para facilitar o deslocamento em qualquer ponto, a Prefeitura de Fortaleza irá sinalizar todas as paradas da cidade com a relação das linhas que passam por cada ponto. A Prefeitura pretende iniciar esse trabalho pelas áreas com maior demanda de transporte coletivo na cidade e tem o objetivo de concluir toda a sinalização até o início do funcionamento do Bilhete Único, segundo informações da assessoria de comunicação da Etufor.
A simulação foi realizada através do sistema de geomonitoramento do transporte público, que acompanha em tempo real a movimentação dos coletivos, sendo possível ver o horário em que o veículo passou por determinada parada e o tempo que ele levou para se deslocar até o destino desejado, levando em consideração um destino que obrigatoriamente passe por um terminal.
Fonte - Diário do Nordeste  16/05/2013

Cheia: Manaus se prepara para enfrentar subida do nível dos rios

Serviço Geológico do Brasil prevê que pico da enchente ocorra em 15 de junho, na capital do Amazonas. Órgãos públicos traçam plano de ação.

Cheia do rio Negro, em julho de 2012, alagou vias do Centro de Manaus como a Avenida Eduardo Ribeiro. Foto: Diego Oliveira/ Portal Amazônia
Redação - jornalismo@portalamazonia.com

MANAUS - O Gabinete de Gestão Integrada Municipal realizou, nesta quinta-feira (16), a sexta reunião com representantes de órgão públicos ligados diretamente ao atendimento da população em período de cheia dos rios, como a Defesa Civil. O encontro serviu para comparar as informações de cada órgão, verificar o impacto da elevação do nível do rio Negro e discutir quais medidas serão adotadas.
Nesta quinta-feira, o Serviço Geológico do Brasil (CPRM) divulgou que o rio Negro vai atingir 29,46 metros de cota máxima em 2013. Hoje, o nível do rio estava em 28,75 metros – abaixo dos 29,78 metros vistos no mesmo dia do ano passado. Apesar da aparente redução do rio em comparação com 2012, as autoridades públicas estão em alerta sobre os possíveis danos que uma enchente de grande proporçãos pode causar à cidade.
Em Manaus, a subida das águas atingiu cinco bairros: Glória, Educandos, Presidente Vargas, Raiz e São Geraldo. Nestes locais, a Defesa Civil do Município construiu 640 metros de pontes. A previsão é erguer mais 2.241 metros de passagens suspensas de madeira.
A Secretaria Municipal de Limpeza Pública (Semulsp) também está trabalhando com ações de prevenção e retirou 2,9 mil toneladas de lixo de igarapés urbanos da capital. A Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) atua em atividades práticas de orientação à população sobre como evitar contato com a água para não contrair doenças.
Enchente - 
Foto: Alex Pazuello/Agecom/Arquivo

O Serviço Geológico do Brasil prevê que pico da enchente, em Manaus, ocorra em 15 de junho – com nível do rio variando entre 28,76 metros e 29,46 metros. A estimativa é baseada em cotações do rio Negro de anos anteriores. “A partir de 29 metros, a gente já considera a enchente como de grande magnitude”,  diantou ao portalamazonia.com o gerente de hidrologia do CPRM, Daniel Oliveira, quando o órgão divulgou o segundo alerta de cheia, em 2 de maio deste ano. O órgão informou que há 75% de chance do rio Negro chegar ao nível máximo em junho e 18% de probabilidade disto ocorrer em julho. Para maio, a estatística é de apenas 6%.
Veja mais - AQUI
Fonte - portalamazonia  16/05/2013


quinta-feira, 16 de maio de 2013

Metrô de Moscou completa 78 anos

Os 78 anos do Metrô de Moscou
foto - ilustração
O Metrô de Moscou completou nesta quarta-feira (15/05) 78 anos de fundação. A primeira linha da sexta maior rede de metrô do mundo foi inaugurada em 15 de maio de 1935. O sistema tem 310 quilômetros, 12 linhas e 188 estações. A prefeitura de Moscou planeja construir, até 2020, outras 64 estações e ampliar as linhas em 137 quilômetros.
O metrô da capital russa é conhecido pela decoração suntuosa e pela profundidade de algumas estações, que por terem sido construídas na época da Segunda Guerra Mundial, serviram de abrigo em casos de bombardeio.
Fonte - Revista Ferroviária 16/05/2013

SALVADOR HOJE - DE OLHO NO CAOS

Da Redação
Salvador em estado "grave e estado de greve" a cada dia que passa vai se tornando mais e mais uma cidade sem rumo,ou melhor rumo ao caos absoluto.Hoje por volta das 6:00 hs os engarrafamentos já eram visíveis em varias áreas da cidade principalmente na já castigada Av.Paralela..Por volta das 9;00 hs a Av. Bonoco, a entrada da cidade pelo acesso Norte ( Iguatemi/Bonoco ) já se estendia ao longo da Br 324.A Av. Luis Eduardo em toda a sua extensão sentido Paralela e essa ultima engarrafada nos dois sentidos, a orla sentido Itapuã/Pituba pelo mesmo jeito.E de nada adianta as luzes do canteiro central da Av. Bonoco ainda estarem acessas as 9:00 hs da manhã esperdiçando energia e consequentemente aumentando o custo da TIP (taxa de iluminação pública) paga por todos nos,pois nem assim a administração do município  parece conseguir enxergar alguma coisa a sua volta. - Buracos,sujeira,greves de servidores municipais,greve dos "rodoviários", transito caótico,transporte ruim,desorganização,uma cidade maltratada e a população refém da inercia e da incompetência...assim é hoje Salvador...a capital do CAOS.......
Acesso norte - parado
Acesso Norte /L.Eduardo - parado


Luis Eduardo - parado
L.Eduardo/Paralela - parado


Paralela - parado
L.Eduardo/Paralela - parado


Paralela - parado
Av. Bonoco - canteiro central luzes acesas (9:00 hs) em quase toda extensão -Engarrafamento parado
Pregopontocom - atualizado em 16/05 as 18:35 hs

Câmara finaliza votação da MP dos Portos e texto segue para o Senado


Ivan Richard, Iolando Lourenço e Marcos Chagas
Repórteres da Agência Brasil

Brasília - Depois de quase 24 horas de sessão, a Câmara dos Deputados conseguiu há pouco finalizar a votação da Medida Provisória (MP) 595, a MP dos Portos, que estabelece novas regras para as concessões, arrendamentos e autorizações para instalações portuárias, públicas e privadas. A matéria segue agora para o Senado onde tem que ser votada até a meia-noite para não perder a validade.
A votação do texto-base da matéria ocorreu na madrugada de ontem (15), mas devido à obstrução de partidos da oposição parte da base aliada, a votação se arrastou por mais quase 50 horas de debates em quatro dias de votação. Somente a votação da redação final da matéria levou cerca de 7h.
No Senado, a base aliada já tem pronta a estratégia para votar a Medida Provisória ( MP) 595, a MP dos Portos. Às 11 horas, o presidente Renan Calheiros fará a leitura da MP para, em sessão subsequente, colocá-la em votação.
O líder do governo no Senado, Eduardo Braga (PMDB-AM), disse que ontem (15) as lideranças da base conversaram com a secretária-geral da Mesa Diretora, Cláudia Lyra. O objetivo, segundo ele, foi encontrar no Regimento Interno da Casa os instrumentos legais que permitam a votação da matéria ainda hoje, último dia para que o Parlamento aprove a MP sob risco de o texto perder a validade.
“Não tenha dúvida de que o dia vai ser longo [para votações no Senado. Temos até a meia-noite de hoje para aprovar a MP dos Portos”, ressaltou o líder do governo.
No Senado, explicou Eduardo Braga, os instrumentos regimentais protelatórios para barrar a aprovação de uma MP são bem mais limitados do que na Câmara. O líder do governo acrescentou que qualquer destaque apresentado por um senador, que seja derrotado em plenário, automaticamente inviabiliza outros que tenham o mesmo teor.
Mais um ponto a favor da base aliada é a bancada reduzida dos partidos de oposição, especialmente o DEM que conta com quatro senadores. De qualquer forma, Eduardo Braga destacou que os partidos alinhados com o governo “estão preparados desde ontem” para viabilizar a aprovação do texto da MP dos Portos.
O PP, que considerava preocupante a votação de uma matéria como esta com menos de 24 horas para que os senadores possam apreciá-la, vai ajudar na aprovação da matéria. “[A obstrução feita pelo partido na Câmara serviu para] demonstrar a inconformidade [do PP] com a prática do governo de querer empurrar goela abaixo e de maneira açodada ao Congresso matérias de seu interesse”, disse a senadora Ana Amélia (PP-RS).
Se a base governista já tem sua estratégia pronta de, dentro do Regimento Interno garantir o rito mais rápido de votação da MP, a oposição também está pronta para tentar obstruir ao máximo a tramitação da medida provisória.
“O Senado merece o mínimo de respeito para ter tempo de debater uma MP da importância desta”, tem declarado o líder do DEM, José Agripino (RN).
Fonte - Agência Brasil  16/05/2013

Bahia avalia trem de passageiros Salvador-Feira

iBahia
Já imaginou fazer o percurso Salvador-Feira de Santana usando um trem? O Governo do Estado estuda viabilizar este meio de transporte entre a capital baiana e a segunda maior cidade do estado. O secretário da Casa Civil da Bahia, Rui Costa, disse, em entrevista à rádio Tudo FM nesta terça-feira (14), que conversou com o ministro dos transportes, César Borges, e que já estão fazendo o traçado de um trem de passageiros de Feira de Santana até Salvador.
De acordo com Costa, o trem será veloz e circulará com a velocidade de 140 km/h. E ele encontraria com o metrô na BR [BR-324] da linha 1 e, portanto, nós teríamos uma estação de integração, que a pessoa poderia sair de Feira em um trem, entrar no metrô e estar em qualquer lugar de Salvador. Portanto, nós garantiríamos uma completa integração de toda a Região Metropolitana e também da segunda maior cidade do estado, Feira de Santana, com a cidade de Salvador, disse o secretário à rádio.
foto - ilustração
Durante a entrevista, Costa também informou que a Companhia de Trens de Salvador (CTS), cuja transferência para o Estado foi aprovada na Câmara nesta segunda-feira (13), vai ser encaixada dentro da Secretaria de Desenvolvimento Urbano do Estado. O secretário disse que a CTS vai ser responsável pela condução do metrô e pelo processo de licitação, assim como pela a reestruturação completa dos trens do subúrbio.
Rui Costa também falou sobre um possível VLT (veículo leve sobre trilhos) ou trem para a Região Metropolitana. Nós já estivemos na Agência Nacional de Transportes, a ANTT, já estivemos no Ministério dos Transportes, com o ministro César Borges, conversando sobre a reestruturação do trem, onde nós solicitamos, inclusive, a reposição dos oito quilômetros de trilho que foram retirados pela concessionária no trecho de Mapele, para que nós possamos operar ou um VLT ou um trem para a Região Metropolitana, disse o secretário. Uma reunião com os prefeitos da Região Metropolitana será realizada para conversar sobre esse trem ou VLT metropolitano, afirmou Costa.
E também conversei com o ministro, porque nós teremos novas concessões de linhas férreas Belo Horizonte - Salvador, Salvador-Recife e Salvador também para entroncar com a ferrovia Norte-Sul usando o atual traçado da [ferrovia] Centro-Atlântica, contou Rui Costa. Segundo ele, o ponto de encontro será Feira de Santana, onde haverá um ramal puxando para o porto de Aratu.
Fonte - Revista Ferroviária  15/05/2013

Déda anuncia investimentos para saneamento e oferta de água em Sergipe

Déda anuncia investimentos para saneamento e oferta de água

Obras contemplam a duplicação de segmentos das adutoras do Alto Sertão e de Sertaneja, além da ampliação do sistema de abastecimento de água de Umbaúba, Tomar do Geru e Itabaianinha, e as zonas norte e oeste de Aracaju
 (Fotos: Marcos Rodrigues/ASN)
Acompanharam a solenidade ao lado do governador, o diretor-presidente da Deso, Ségio Ferrari, os secretários de Estado do Desenvolvimento Urbano, Lúcia Falcón, e da Casa Civil, Silvio Santos
“Uma nova era no saneamento básico e na distribuição de água tratada em Sergipe”. Assim, o governador Marcelo Déda definiu a importância dos investimentos anunciados na manhã desta quarta-feira, 15, que superam a cifra dos R$ 156 milhões na ampliação de sistemas de abastecimento. Também foi realizada uma exposição detalhada de um resumo de investimentos que visa assegurar a ampliação do tratamento de esgoto na grande Aracaju, alcançando a cobertura inédita de 90% do território da capital, a maior em todo o Nordeste. O anúncio das medidas ocorreu no auditório do Celi Praia Hotel, na Atalaia.
“O que vemos hoje significa o prosseguimento de uma política que priorizou a melhoria do saneamento básico em Sergipe, tanto na expansão da distribuição de água, quanto na implantação de esgotamento sanitário. No total, ao longo destes sete anos de administração, nós já investimos um bilhão de reais em água e esgoto, formando o maior investimento em saneamento básico na história de Sergipe”, sintetizou o governador, ao contextualizar todos os investimentos já realizados.
O governador promoveu a assinatura das ordens de serviço para as adutoras e ampliação dos sistemas de abastecimento que foram incluídos no PAC/Seca, confirmados pela presidenta Dilma Rousseff durante reunião do Conselho Deliberativo da Sudene, em Salvador (BA), em novembro de 2012.
As obras contemplam a duplicação de segmentos das adutoras do Alto Sertão e de Sertaneja, além da ampliação do sistema de abastecimento de água de Umbaúba, Tomar do Geru e Itabaianinha.
Ver a matéria completa :  AQUI

Fonte - ASN ( Ag.Sergipe de Notícias )  15/05/2013

quarta-feira, 15 de maio de 2013

Português é quinto idioma mais usado na internet

Da Agência Brasil *

Ag.Br
Brasília - A língua portuguesa é o quinto idioma mais usado na internet, ficando atrás do inglês, do chinês, do espanhol e do japonês, segundo dados divulgados pela União Internacional de Telecomunicações (UIT). A pesquisa traz informações referentes ao ano de 2011. De acordo a UIT, mais de 82,5 milhões de pessoas utilizam a língua portuguesa para se comunicar e navegar pela web.
O português ficou à frente do alemão, do árabe, do francês, do russo e do coreano e perde para o japonês, que está em quarto lugar, por cerca de 16,59 milhões de usuários. Segundo a UIT, o crescimento do português se deve à expansão da internet no Brasil nos últimos dez anos.
Segundo os dados da UIT, o crescimento do português na internet no período entre 2000 e 2011 foi 990,1%, o quarto maior crescimento entre as dez línguas mais utilizadas na web. O árabe teve o maior crescimento (2.501%) seguido pelo russo (1.825%) e pelo chinês (1.478%). O menor crescimento foi registrado pelo inglês, que teve um aumento de 1,4% entre os usuários que falam o idioma. Em geral, a internet cresceu 481,7% no período e é acessada por 2,099 bilhões de pessoas.
Apesar do baixo crescimento, o inglês permanece em primeiro lugar como a língua mais usada na internet há mais de dez anos, com 565 milhões de usuários (26,8% do total), mas o seu domínio está ameaçado pela língua chinesa, utilizada por 510 milhões (24,2%). Em terceiro lugar está o espanhol, com 165 milhões (7,8%).
Dentre as dez línguas mais usadas na web, as populações que falam alemão e japonês são as mais conectadas do mundo, respectivamente, com 79,5% e 78,4% dos usuários com acesso à internet. Em terceiro lugar estão os que falam coreano, com 55,2% de sua população conectada, e os que falam inglês com 43,4% de acesso à internet. Os falantes de português estão em sétimo, com 32,5% das pessoas com acesso à web.
* Com informações da Agência Lusa
Fonte - Agência Brasil  15/05/2013

Metrô de Belo Horizonte tem novo recorde de passageiros

CBTU
A CBTU em Belo Horizonte firmou um novo recorde de passageiros, transportando 241.624 pessoas na operação desta quarta-feira (8/5), exatamente uma semana após o mais recente registro de recorde no sistema. O número equivale a quase 5 mil usuários a mais na comparação com o recorde anterior que era de 237.011 passageiros, firmado na última terça-feira (30/4).
A quantidade mensal de embarques também segue a curva natural de crescimento registrada pela operadora, saltando de 5,2 milhões em abril de 2012, para 5,7 milhões em abril de 2013.
O superintendente da CBTU, em Belo Horizonte, Jorge Vieira, destaca o empenho dos empregados como o responsável pelos números registrados nas estações. “A escolha do metrô como meio de transporte pelos moradores da capital e Região Metropolitana está diretamente ligado ao trabalho realizado pelas equipes da Companhia que garantem a qualidade dos serviços prestados aos usuários”, ressalta.
Investimentos
Em Belo Horizonte, os principais investimentos da CBTU se concentram na compra dos dez novos trens, que começam a chegar no segundo semestre de 2014 e na modernização do sistema de freios da autal frota. Juntos estes investimentos totalizam cerca de R$ 187 milhões em novas aquisições e na readequação de frota ativa.
Demanda crescente
A elevação sucessiva da demanda em Belo Horizonte, bem como o novo recorde têm sido creditados a uma preferência natural do consumidor, que busca fugir dos vários congestionamentos provocados por obras viárias que vêm tumultuando o trânsito em toda a cidade. Com isso, as pessoas têm optado em massa pelo Metrô e o aumento dos usuários tem sido observado proporcionalmente em todas as 19 estações do sistema.
Crescimento nacional
A CBTU tansportou quase 142 milhões de passageiros no acumulado de 2012, considerando a operação em todos os sistemas. Atualmente, a Companhia já ultrapassou a marca de 500 mil passageiros/diários em todo o país.
De 2008 a 2012, a operadora aplicou cerca de R$ 1,89 bilhão na implantação de novos trechos, recuperação de via permanente, obras civis e na compra de material rodante. E, observando a elevação da demanda em todos os estados onde opera, o crescimento acumulado pela CBTU, chega à casa dos 37,5%.



Fonte -  IMPRENSA CBTU BELO HORIZONTE 10/05/2013

União recorre contra decisão do STF que favoreceu novos partidos

Débora Zampier
Repórter da Agência Brasil

Brasília – A decisão que suspendeu o andamento do projeto de lei que inibe a criação de novos partidos foi contestada hoje (15) pela Advocacia-Geral da União (AGU). O órgão entrou com recurso no Supremo Tribunal Federal (STF) contra liminar concedida pelo ministro Gilmar Mendes em mandado de segurança do senador Rodrigo Rollemberg (PSB-DF).
Para a AGU, a decisão de Gilmar Mendes deve ser revista no plenário do Tribunal, pois o ministro interferiu indevidamente no trâmite de processo legislativo, fazendo um controle prévio de leis. “O controle preventivo de constitucionalidade deve ser visto com muita reserva, evitando a obstrução do amplo debate democrático que se trava no âmbito do Parlamento”.
A AGU argumenta que os representantes de novos partidos não deixarão de ter direito a propaganda em rádio e televisão e verba do Fundo Partidário, conforme determina a Constituição. A única diferença é que receberão em proporção reduzida, segundo regulamenta a legislação eleitoral.
“A alegação de que determinadas agremiações partidárias estariam sendo preteridas partiu de mera alegação do impetrante, sem qualquer prova – muito menos pré-constituída – de que esta grave acusação seria verdadeira”, argumenta a AGU, que também entende que a velocidade na tramitação do processo não é prova de que há irregularidade.
Quanto ao argumento de que o projeto pretende atingir determinados partidos, a AGU lembra que o universo de legendas no país é restrito, o que permite a “indução equivocada” de que qualquer decisão é tomada com prejuízo a determinado grupo. A União informa que o projeto, na realidade, pretende “valorizar os partidos políticos” e “evitar distorções casuísticas imprimindo segurança institucional e jurídica”.
Fonte - Agência Brasil  15/05/2013

Governo da Bahia garante metrô até estação Retiro

A Tarde

O governo deve lançar o edital de licitação do metrô da capital baiana até o fim do mês, depois que a Câmara Municipal aprovou, segunda, a transferência da Companhia de Transportes de Salvador (CTS) para o Estado. A previsão é inaugurar a estação Retiro para a Copa.
foto - ilustração
O prefeito ACM Neto deve assinar a passagem do controle acionário da CTS, que gerencia o sistema de transporte de trens da cidade, ao governo estadual, num prazo de dez dias.
O secretário estadual da Casa Civil, Rui Costa explicou que o edital será para concluir a linha 1 (até Pirajá), construir a linha 2 e apresentar projeto para levar o sistema até Cajazeiras. Além disso, o consórcio vencedor irá explorar a operação do sistema.
"Nossa ideia é lançar o edital no dia 27 de maio, com previsão de construir o trecho até o Retiro antes da Copa de 2014; e chegar a Pirajá em dezembro daquele ano. Implantar até dezembro de 2016 o trecho 2 (ligando o aeroporto), junto com o estudo da extensão para Cajazeiras ", disse Costa, que após toda essa novela tem a sensação "do dever cumprido". Citou que além do metrô, a cidade vai ganhar os projetos das vias estruturantes que alimentarão o sistema de trens com ônibus.
O secretário também confirmou que o ex-secretário da Fazenda do Estado e candidato a prefeito de Candeias derrotado pelo PT, Carlos Martins será o diretor-superintendente da CTS.
Escândalo - Considerado um dos mais caros do mundo, o metrô de Salvador virou chacota nacional e um exemplo de mal feito da coisa pública. São 13 anos, desde o início das obras na gestão do prefeito Antonio Imbassahy. O projeto deveria ligar a Lapa ao bairro do Pirajá. Mas, ao longo dos anos, o projeto foi alterado e o trajeto cortado à metade.
A obra foi paralisada várias vezes por suspeitas de irregularidades, o que resultou numa ação de improbidade administrativa que o Ministério Público Federal move contra seis construtoras e 11 ex-gestores públicos devido à licitação e execução das obras. O MPF, com base em relatório do Tribunal de Contas da União, estimou os prejuízos aos cofres públicos em pelo menos R$ 100 milhões.
Recentemente, o governador Jaques Wagner lamentou que cerca de R$ 1,5 bilhão investidos no projeto tenham "virado pó" devido à descontinuidade administrativa do município. Além disso, lembrou que em 2008, o Estado pagou R$ 108 milhões pelos trens do sistema, que estão "ao relento se acabando" aguardando a conclusão das obras para rodar.
Com a estratégia de transferir o metrô para o Estado, o governo federal concordou em destinar mais R$ 1 bilhão, dentro do PAC da mobilidade urbana da Copa do Mundo para o metrô. Além disso, abriu um crédito de mais R$ 600 milhões no Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) para o projeto.
Na sua última visita a Salvador, para inaugurar a Arena Fonte Nova, a presidente Dilma anunciou mais R$ 1 bilhão para a construção das vias estruturantes, os dois corredores com faixas exclusivas de ônibus que vão interligar o trecho urbano da rodovia BR-324 à Avenida Paralela.
Fonte - Revista Ferroviária  14/05/2013

Rosário e Fantástico traficaram o futuro de cinco crianças

Enviado por luisnassif  15/05/2013
Autor: Luis Nassif

Jeroncio, o pai modelo das cinco crianças de Monte Santo - de acordo com a tipificação criada pela Ministra Maria do Rosário (da Secretaria Nacional de Direitos Humanos) e pelo Fantásico - foi preso por assalto. Três dias antes da devolução das crianças a Monte Santo, foi detido por tentativa de estupro.
Na entrevista que fiz com a Ministra Maria do Rosário - sobre a adoção das cinco crianças de Monte Santo - insisti para que ela saísse das considerações gerais sobre adoção, eivadas de preconceito, e se debruçasse na análise da situação específica das famílias envolvidas.
Sua resposta, de um maniqueísmo primário, foi dividir a questão entre dois pais pobres - e dignos - e famílias de classe média que integravam uma quadrilha.
Insisti que pensasse no bem estar das crianças. Respondeu que pobreza não poderia ser motivo para tirar do pobre seu bem mais precioso, os filhos. Insisti que o ponto central de análise deveria ser o bem estar das crianças; assim como na classe média, entre os pobres há pais que cuidam dos seus filhos e pais desajustados, que as informações sobre os pais biológicos - Sillvania e Jerôncio - indicavam pessoas desequilibradas. Respondeu que ambos estavam sendo vítimas de campanhas difamatórias.
Pedi provas da existência de ação de quadrilha no episódio. Respondeu que a SNDH tinha elementos abundantes. E não tinha. A Ministra mentia.
Pergunto: como ficam as crianças, expostas a esse show de irresponsabilidade e exibicionismo de uma alta autoridade e de um dos programas de maior audiência da televisão e entregues de volta a pais sem nenhuma condição - financeira (de menos), psicológica (fundamental) - de criá-los? Como ficarão depois que os holofotes forem apagados e cessar a maquiagem da situação?
Na reportagem do SBT, foi entrevistada uma amiga de 15 anos de Silvania, que falou do arrependimento dela em ter pedido as crianças de volta. É evidente que sua decisão foi motivada pelos holofotes do Fantástico e pela ação política de Maria do Rosário.
Não fosse o show irresponsável da vida, a esta altura autoridades responsáveis estariam, no mínimo, promovendo a aproximação entre pais biológicos e afetivos, visando o bem estar da criança.
Mas aí significaria Maria do Rosário ter de abdicar de sua cruzada de criminalização da adoção; e o Fantástico ter que explicar que embarcou em uma barriga monumental, produzida por seu repórter José Raimundo.
O que são cinco crianças perto das bandeiras políticas de Rosário e da audiência do Fantástico? Nada. Apenas instrumentos manipulados pela politização mais rasteira e pelo jornalismo mais irresponsável.
Lá na frente, quando o lar desestruturado produzir crianças desestruturadas, Maria do Rosário fará um discurso criticando o Estado brasileiro - que ela representa - por não ter dado condições à família para educar os filhos. E o Fantástico produzirá uma bela reportagem sobre como uma decisão jurídica erronea, de um juiz desequilibrado - o tal do Luiz Cappio - afetou a vida de cinco crianças. E confiará na falta de memória do telespectador e na falta de visão crítica da mídia.
Fonte - Luis Nassif ( no aditivo )15/05/2013

VEJA MAIS - Crianças de Monte Santo - O outro lado da história, entrevista com a Dr.Letícia Fernandez

terça-feira, 14 de maio de 2013

Justiça eleitoral venezuelana transmite auditoria ao vivo pela internet


Leandra Felipe
Correspondente da Agência Brasil/EBC

Bogotá - O Conselho Nacional Eleitoral (CNE) da Venezuela iniciou hoje (14) a transmissão ao vivo, via internet, da auditoria de "verificação cidadã" nos 46% das urnas ainda não auditados após as eleições presidenciais.
De acordo com uma nota divulgada pelo conselho, a transmissão será feita de forma contínua. Nos primeiros dias do processo, o CNE informou que encontrou 99,98% de coincidência entre os comprovantes de votação e as atas de escrutínio. Além disso, o resultado também coincide com o contabilizado pelo Centro Nacional de Totalização.
Os técnicos do CNE e das organizações políticas já auditaram 355 mesas de votação, com um total de 147.216 comprovantes verificados. A solicitação para verificar todas as urnas foi feita pela oposição, liderada pelo candidato derrotado nas eleições, o governador do estado de Miranda, Henrique Capriles.
Apesar de haver solicitado e ter liderado protestos no país, alegando a existência de irregularidades nas eleições, Capriles não aceitou o modelo de auditoria. Segundo ele, era necessário verificar também os cadernos de votação com os nomes dos eleitores que compareceram às sessões.
A oposição também exigia a recontagem manual dos votos, mas segundo o CNE a norma eleitoral venezuelana não contempla esse tipo de verificação. Capriles apresentou um pedido de impugnação das eleições presidenciais. A demanda está sendo analisada pelo Tribunal Supremo de Justiça (TSJ), a Corte Constitucional venezuelana.
De acordo com o cronograma do Poder Eleitoral, a verificação está prevista para terminar no começo de junho, com auditoria diária de 350 caixas de resguardo (que guardam os comprovantes impressos com os votos digitados pelos eleitores) e 10.500 votos. A transmissão online da auditoria pode ser acompanhada pelo linkhttp://www.movipbox.com/nuevo/embed/cne.html.
Fonte - Agência Brasil   14/05/2013

Pela terceira vez, Câmara tenta votar MP dos Portos

Ivan Richard
Repórter da Agência Brasil

Brasília - A Câmara dos Deputados iniciou há pouco a votação da Medida Provisória (MP) 595/2012, que estabelece novo marco regulatório para a concessão de terminais portuários à iniciativa privada. Neste momento, os deputados votam requerimento, apresentado pelo PMDB e acompanhado por outros partidos, para retirar a matéria de pauta.

Foto - ilustração
Segundo o vice-líder do PMDB deputado Colbert Martins (BA), a proposição não visa a inviabilizar a votação da MP, e sim ganhar mais tempo para negociar pontos que estão divergentes. Primeiramente, o requerimento foi votado de forma simbólica. Mas partidos contrários à votação da matéria pediram a verificação do quórum.
Com isso, ao menos 257 deputados terão que marcar presença no painel para viabilizar a votação. Caso não se alcance esse quórum, a sessão terá que ser encerrada e remarcada
Esta é a terceira tentativa de votação da MP dos Portos, que perderá a validade se não for aprovada pela Câmara e pelo Senado até a próxima quinta-feira (16).
Na semana passada, a votação foi inviabilizada depois da apresentação de uma emenda aglutinativa, com vários destaques para modificar o texto. O deputado Anthony Garotinho (PR-RJ) disse que a emenda foi fruto de “negociata”. Isso provocou trocas de acusações que levaram ao encerramento da sessão.
Ontem, na segunda tentativa de votar a MP, não houve quórum suficiente para iniciar a votação.
Fonte - Agencia Brasil  14/05/2013

segunda-feira, 13 de maio de 2013

SALVADOR PODERÁ TER MAIS UMA GREVE DE ÔNIBUS

Transportes

Os rodoviários alegam que se não tiveram respostas as suas reivindicações poderá haver uma nova greve paralisando a circulação dos ônibus em Salvador por tempo indeterminado.

Da Redação
Foto - Pregopontocom
Rodoviários e representantes do sindicato da classe estiveram hoje  presentes na  CMS na seção realizada durante a tarde onde manifestaram a sua insatisfação com a falta de uma proposta por parte dos empresários de ônibus nas negociações em andamento que contemplem as suas demandas na campanha salarial da classe hora em curso.Os rodoviários alegam que se não tiveram respostas as suas reivindicações poderá haver uma nova greve paralisando a circulação dos ônibus em Salvador por tempo indeterminado.Uma nova reunião está marcada para o dia 14/05 terça-feira . A classe pede a redução da jornada de trabalho, aumento dos vales de alimentação,mais 15% de aumento nos salários.
Pregopontocom

Câmara de vereadores de Salvador aprova a transferência da CTS/Metrô do municipio para o Estado

Mobilidade

Esse era o ultimo passo que faltava na tramitação da referida transferência para que o gov. do estado  possa iniciar a licitação das obras do Sistema Metroviário de Salvador que compreende a conclusão da Linha 01 (Lapa/Pirajá/Cajazeiras) e a construção da linha 02 ( SSA/L.de Freitas) 

Da Redação
Foto - Pregopontocom
Na seção realizada hoje a tarde no salão Cosme de Farias os vereadores de Salvador aprovaram por unanimidade a tão esperada transferência da CTS ( Cia de trens de Salvador) que engloba os trens do subúrbio e o Metrô, da administração do município para o governo do estado da Bahia.Esse era o ultimo passo que faltava na tramitação da referida transferência para que o gov. do estado  possa iniciar a licitação das obras do Sistema Metroviário de Salvador que compreende a conclusão da Linha 01 (Lapa/Pirajá/Cajazeiras) e a construção da linha 02 ( SSA/L.de Freitas) Representantes do sindicato dos ferroviários para a Bahia e Sergipe e funcionários da CTS,que se encontram em greve, estiveram presentes ao evento acompanhado do plenário a votação.Espera-se que a partir de agora o tão esperado metrô de Salvador (13 anos) e a recuperação e reestruturação dos degradados trens do subúrbio expandindo as suas linhas até a RMS,
possa vir no mais breve tempo possível a se tornar uma realidade para todos nos soteropolitanos modernizando e melhorando o colapsado,arcaico e deficitário transporte público de Salvador.
Pregopontocom 12/05/2013

Dia da Abolição: país ainda tem desafios - 13 de Maio

Parte dos negros não comemora o Dia da Abolição da Escravatura

Heloisa Cristaldo
Repórter da Agência Brasil

Brasília – A estudante de ciências políticas do 8º semestre da Universidade de Brasília (UnB) Vanessa Machado entrou na instituição pelo sistema de cotas raciais, mesmo com nota suficiente para ser aprovada sem o sistema. Vanessa está na contramão das estatísticas, estudou em escola particular e seus pais são formados, mas ainda assim engrossa a voz do movimento negro ao não comemorar o dia de assinatura da abolição da escravatura, em 13 de maio, há 125 anos.
“O 13 de Maio é um marco histórico legal, representa mais do que a assinatura da princesa Isabel. Representa o grito sufocado dos negros. Mas ainda há muitos desafios, estamos longe do ideal. Pobreza tem cor e não é por acaso”, analisa a estudante.
O pensamento é compartilhado por frei David, presidente da Educafro, uma organização não governamental que tem a missão de promover a inclusão da população negra e pobre nas universidades públicas e particulares. Segundo ele, cerca de 40 mil estudantes passaram pelos cursinhos de pré-vestibular da rede e já concluíram o ensino superior. Além de também defender o sistema de cotas raciais, ele questiona a comemoração da data.
“Nenhuma sociedade do mundo deixou uma etnia quase 400 anos escravizada e resolveu [o assunto] apenas com a assinatura de um papel chamado de Lei Áurea. A desigualdade é o fruto da perversidade dos sucessivos partidos políticos que nada ou muito pouco fizeram para compensar o povo negro nestes quatro séculos de escravidão e exclusão. Daí a necessidade de políticas públicas de ação afirmativa [cotas] para negros nas universidades”, avalia.
O presidente da Fundação Cultural Palmares, Hilton Cobra, também defende as políticas de ações afirmativas instituídas pelo governo e critica a falta de espaços para projetos culturais que tratem da temática afro-brasileira.
“Arte e cultura negra ainda não são inseridas no sistema. Há muita dificuldade na captação de recursos para esses projetos. Um dia não precisaremos mais de cotas, mas elas são necessárias atualmente e representam uma vitória, uma abertura de espaços”, diz Hilton Cobra.
A data de assinatura da lei marca atualmente o Dia Nacional de Denúncia contra o Racismo. No país, é considerada crime de racismo a conduta discriminatória dirigida a um determinado grupo ou coletividade. A pena é imprescritível e inafiançável. O Código Penal prevê também o crime de injúria racial, que consiste em ofender a honra de alguém com a utilização de elementos referentes à raça, cor, etnia, religião ou origem.
“Ser negro no Brasil é sofrer preconceito diariamente. É preciso ter esse debate, falar sobre o racismo. Quando não se fala, a questão se torna invisível. Essa linha que divide o que denigre a imagem de alguém e o que não denigre é muito tênue”, diz Vanessa.
Para atender à população que enfrenta a situação no seu cotidiano, a Secretaria de Políticas de Promoção da Igualdade Racial criou a ouvidoria, que recebe desde 2011 denúncias contras atos de racismos e discriminação racial em todo país. Segundo informações, a pasta recebeu até hoje 710 denúncias. O canal de atendimento ao cidadão é por meio do telefone (61) 2025-7001 ou do e-mail seppir.ouvidoria@seppir.gov.br.
Fonte - Agência Brasil  13/05/2013

ENEM - Inscrições começam hoje

Inscrições no Enem começam hoje

Mariana Tokarnia
Repórter da Agência Brasil

Brasília - As inscrições para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) começam hoje (13), às 10h, e vão até o dia 27 de maio. Os interessados em fazer a prova devem se inscrever pela internet no endereço http://sistemasenem2.inep.gov.br/inscricaoEnem. O exame será aplicado nos dias 26 e 27 de outubro em todos os estados e no Distrito Federal.
Estudante de camiseta rosa concentrada fazendo vestibular
(Marcos Santos/USP Imagens) EBC
O Enem é voltado para aqueles que já concluíram ou vão concluir o ensino médio até o fim de 2013, mas pode ser feito também quem quer apenas treinar para a prova. O resultado no exame é usado no Sistema de Seleção Unificada (Sisu), que oferece vagas em instituições públicas de educação superior. Além disso, uma boa avaliação no Enem é também requisito para participação do estudante nos programas Universidade para Todos (ProUni) e Ciência sem Fronteiras e para receber o benefício do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies).
Para fazer a inscrição, o candidato deve ter em mãos os números do Cadastro de Pessoa Física (CPF) e do documento de identidade. Será cobrada uma taxa de R$ 35 que deve ser paga até o dia 29 de maio. Estudantes que concluírem o ensino médio em escolas públicas no ano de 2013 e participantes com renda mensal per capita de até 1,5 salário mínimo estão isentos da taxa de inscrição. Aqueles que solicitarem a isenção deverão dispor dos documentos que comprovem a renda.
O participante que precisa de atendimento diferenciado ou específico deverá informar a necessidade no ato da inscrição. O atendimento diferenciado é prestado a pessoas com deficiência visual, auditiva, física e mental, dislexia, déficit de atenção, autismo ou outra necessidade especial. O atendimento específico é oferecido a gestantes, lactantes, idosos, estudantes em classe hospitalar e aos sabatistas que, por motivo religioso, não podem ter atividades aos sábados, no período diurno.
Os estudantes maiores de 18 anos que ainda não obtiveram a certificação do ensino médio podem fazê-lo por meio do Enem. Eles devem pedir, na inscrição, que o resultado do exame seja usado para a certificação. Também devem indicar uma das instituições certificadoras que constam no edital do exame.
Ao finalizar a inscrição, o participante deve verificar se ela foi concluída com sucesso e guardar o número e a senha. É com essas informações que o candidato poderá acompanhar o processo de inscrição e, além disso, consultar e imprimir o cartão de confirmação. Caso esqueça ou perca a senha, o candidato poderá recuperá-la pelo endereço - http://sistemasenem2.inep.gov.br/inscricaoEnem -. Alterações nos dados cadastrais, na cidade de provas e na opção de língua estrangeira são permitidas apenas até o fim do período de inscrição.
Só depois que o aluno fizer o pagamento a inscrição será confirmada. No caso de isenção, isso ocorrerá após comprovados os dados fornecidos. Depois dessa etapa, o participante receberá em casa o cartão de confirmação de inscrição, que terá um número, assim como a data, hora, o local de realização das provas, a opção de língua estrangeira e outras informações específicas.
O exame tem uma redação e quatro provas objetivas. Cada uma contém 45 questões de múltipla escolha. No primeiro dia, os inscritos farão provas de ciências humanas e da natureza, com duração de quatro horas e 30 minutos. No segundo dia, as provas aplicadas serão de linguagens e códigos, matemática e redação, com duração de cinco horas e 30 minutos.
Segundo o Ministério da Educação, o Enem 2013 será mais rigoroso que a edição de 2012. Ao anunciar as mudanças no edital, o ministro da Educação, Aloizio Mercadante, fez um pedido: "Apelo para aqueles que se inscreverem para que realmente façam o Enem. Os custos levam em conta os inscritos e temos tido uma diferença importante". No ano passado, foram 5,8 milhões de inscritos. Desses, 4,3 milhões fizeram a prova.
Fonte - Agência Brasil  13/05/2013

Bilhete Único - 70 mil usuários de ônibus já se cadastraram em Fortaleza

70 mil usuários de ônibus já se cadastraram no Bilhete Único


Para realizar o cadastro é necessário apenas a apresentação de CPF, RG e comprovante de residência com CEP

Em 20 dias de cadastramento do Bilhete Único mais de 70 mil usuários do transporte público de Fortaleza já realizaram a sua inscrição. Até agora, o número superou as expectativas da Empresa de Transportes Urbanos de Fortaleza (Etufor), principalmente em relação à opção avulso, aqueles que não são estudantes ou utilizam o vale transporte, que ultrapassou em 35% o número de usuários que se encontravam nessa categoria no último mês de abril.
Foto: Kid Junior

Para agilizar o atendimento nos postos de cadastramento, a Prefeitura disponibiliza uma página de pré-cadastro na internet 

Segundo o presidente da Etufor, Rogério Pinheiro, em abril foram vendidos cerca de 30 mil passagens avulsas e, agora, já foram pedidos 48 mil Bilhetes Únicos nesse formato. "São aquelas pessoas que sempre usam dinheiro para pagar as suas passagens e também pretendem fazer a integração sem ter que passar nos terminais".
Além disso, Pinheiro destacou que, com a novidade, a integração poderá ser feita em qualquer parada de ônibus e, assim, os passageiros vão poder diminuir o seu tempo de viagem e a demanda nos terminais da Capital vai acabar diminuindo.
Para o presidente da Etufor o número de adesões tende a aumentar quando o sistema começar a funcionar, a partir do dia 15 de junho. Pois, hoje, muitas pessoas ainda têm alguma desconfiança em relação à novidade e preferem esperar para ver como será o funcionamento.
"Quando os passageiros constatarem todos os benefícios do Bilhete Único, sem dúvida, eles se sentirão estimulados a fazer o seu", disse Pinheiro.
Ele também comentou que, diferente de outros municípios, em Fortaleza não haverá restrições para os usuários. Eles poderão viajar em qualquer direção e mudar de coletivo durante duas horas. "Além disso, estamos utilizando a biometria fácil que não permite que fraudes aconteçam", acrescentou.
Documentos
No ato do cadastramento, os usuários deverão apresentar os seguintes documentos: CPF, RG e comprovante de residência com CEP. Quem possui o vale transporte eletrônico, o cartão avulso ou a carteira de estudante também deverá apresentá-los. Após o cadastro dos dados, os interessados farão a biometria facial, um registro fotográfico para garantir mais segurança ainda ao sistema.
Para agilizar o atendimento, a Prefeitura disponibiliza uma página de pré-cadastro na internet. Os interessados deverão acessar os sites da Prefeitura de Fortaleza (www.fortaleza.ce.gov.br), do Sindiônibus (www.sindionibus.com.br) ou do Vale Transporte Eletrônico (www.vtefortaleza.com.br) e informar a mesma documentação citada acima.
Ao final do pré-cadastramento, será gerado um número de protocolo que deverá ser apresentado em um dos pontos de cadastramento para confirmação dos dados. Vale destacar que os usuários que realizarem o pré-cadastramento também deverão fazer a biometria facial.
A confecção e entrega do Bilhete Único é feita em até 10 dias após a solicitação e será entregue no local onde foi realizado o cadastro. Já para os estudantes, a entrega será feita, exclusivamente, na sede da Empresa de Transportes Urbanos, independentemente do local em quem foi feita a solicitação. O cartão do beneficiário será personalizado e intransferível e todo o processo será integralmente gratuito para a população.
Fonte - Diário do Nordeste  13/05/2013